Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Conhecido DJ executado em Marabá na madrugada desta terça-feira

DJ Felipe ainda tentou fugir de seus algozes, mas foi alcançado e teria sido atingido por mais de 10 tiros
Continua depois da publicidade

Os profissionais da noite marabaense amanheceram hoje, terça-feira (5), enlutados e assustados com a morte do DJ Carlos Felipe Ferreira da Silva, ou “DJ Felipe”, como era mais conhecido. Ele foi executado por volta das 2 horas da madrugada, nas proximidades da Folha 10, Núcleo Nova Marabá, após ter sido perseguido por dois homens em uma moto. Felipe, que ainda tentou fugir dos pistoleiros, teria levado mais de 10 tiros, segundo as primeiras informações.

DJ Felipe, além de animador de festas e outros eventos, era empresário da noite e se dirigia a um dos dois empreendimentos do qual era sócio arrendatário, o Clube Dubai, antigo Cupu Night. Ele também era ex-tenente temporário do Exército e gozava de muito carinho a prestígio entre os colegas de profissão e demais artistas da noite marabaense.

O radialista Leverson Oliveira está abalado com a morte de Felipe, com quem trabalhava por 10 anos, e que o acompanhava ultimamente na Rádio Carajás FM. “Ainda ontem à tarde estivemos junto no programa”, conta Leverson. Ele afirma que nunca soube do envolvimento do DJ em algum negócio desonesto nem de algum envolvimento extraconjugal.

Veja também:  Oficina de moto é palco de homicídio ao meio dia

“Ele era um cara muito trabalhador, casado, bastante animado e sempre estava com o astral para cima. Trabalhávamos juntos havia 10 anos e eu nunca soube que ele tivesse inimigos ou alguma desavença”, testemunha o radialista.

As primeiras informações desta manhã dão conta de que a Polícia Civil já teria uma linha de investigação. Ao longo do dia o Blog publicará novas informações sobre o caso.

Por Eleutério Gomes – Correspondente em Marabá

Seja o primeiro a escrever um comentário

  1. Esse tipo de assassinato não acontece por acaso. Investigações darão luz ao caso. Sentimentos aos familiares.Em 05.06.18, Mba.-PA.

Deixe uma resposta