Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Tucuruí

Artur Brito é reintegrado ao cargo de Prefeito de Tucuruí

Em decisão interlocutória do juiz Thiago Cendes, proferida hoje, Artur Brito assume o cargo pela 3ª vez
Continua depois da publicidade

O juiz Thiago Cendes Escórcio, titular da 1ª Vara Cível e Empresarial da Comarca de Tucuruí, concedeu ontem (5) liminar a um pedido do Ministério Público Estadual, e afastou por 180 dias, por nova acusação de improbidade administrativa o prefeito Artur de jesus Brito (PV). Na tarde desta quarta-feira (6), uma rápida reviravolta: o juiz reconsiderou a sua decisão e determinou a recondução imediata de Artur Brito ao cargo de prefeito.

Na Decisão Interlocutória, expedida na tarde de hoje, o juiz cita que: “Somente agora passou a seu conhecimento que o processo citado na denúncia foi cancelado em 14/12/2017”.

Com isso ele reconsidera e manda oficiar ao prefeito interino e a Câmara de Vereadores que façam a recondução com Urgência de Artur Brito ao cargo.

O presidente da Câmara, Bena Navegantes (PROS), foi empossado nesta tarde às 13h como prefeito interino, mas não chegou a entrar na Prefeitura do município, visto que populares revoltados com a situação de crise administrativa e econômica que mergulhou Tucuruí no caos, bloquearam a entrada do prédio por duas horas.

Artur Brito se pronunciou dizendo “saber da sua inocência e que muitas perseguições ainda virão”. “Acima de tudo, temos Deus em nossos corações e jamais deixaremos de acreditar nele!”, disse o Prefeito.

O Presidente da Câmara de Vereadores, Rony Santos (PSC) marcou para às 19h de hoje a Sessão Extraordinária de recondução de Artur Brito ao cargo de prefeito.

 

Tucuruí

Empossado, Bena reassume prefeitura de Tucuruí

Mesa diretora da Câmara de Vereadores realizou sessão solene, às 13h, para dar posse novamente a Bena Navegantes.
Continua depois da publicidade

Cumprindo a determinação judicial que afastou o prefeito Artur de Jesus Brito (PV) do cargo na tarde desta terça-feira (5), a Câmara Municipal empossou como prefeito interino nesta tarde (6), o presidente da Casa, Benedito Joaquim Campos Couto (PROS), o Bena Navegantes. Ele é reconduzido ao cargo apenas 30 dias após deixar a cadeira do executivo municipal.

Arthur Brito, foi afastado pelo juiz substituto Thiago Cendes Escórcio, que concedeu liminar a um pedido do Ministério Público Estadual, por nova acusação de improbidade administrativa.

Se não conseguir reverter a decisão, Brito ficará longe do comando da prefeitura pelos próximos 180 dias.

Enquanto isso, o presidente da Câmara, Bena Navegantes (PROS), que estava em Belém, foi notificado da decisão e intimado a assumir novamente o comando do município, enquanto durar o afastamento do titular. Com isso, assume o cargo de vereador o suplente Paulo do 11. “É mais um momento negro na história da nossa cidade. Assumo mais uma vez indignado por não ter tido justiça com a morte do então Prefeito Jones. Não aceitaremos as atitudes de pessoas covardes que desrespeitam as autoridades desta cidade, não vamos nos acovardar e buscaremos justiça!”, disse Bena.

Tucuruí

Tucuruí vai receber R$ 3.300 milhões para infraestrutura e asfalto

Cumprindo agenda em Brasília, prefeito Arthur Brito reuniu com ministros da Integração Nacional e Desenvolvimento Social e garantiu recursos para o município
Continua depois da publicidade

O Ministério da Integração Nacional liberou nesta quarta-feira (16) R$ 1.160.101,75 para a recuperação das pontes do cais de Tucuruí (popularmente conhecidas  como pontes do Negão e Marajá). As obras na orla da cidade estavam travadas por falta da liberação dos recursos e agora os trabalhos serão retomados.

Também foi liberado R$ 2 milhões para a pavimentação asfáltica de ruas do município. Esses valores compõem os R$ 5 milhões destinados para Tucuruí pelo Ministério da Integração Nacional no início do ano e estão sendo liberados graças aos esforços do Prefeito Arthur Brito que está cumprindo, está semana, uma extensa agenda em Brasília para trazer os recursos para o município.

Também foi liberado o montante de R$ 100 mil do Ministério do Desenvolvimento Social, recursos destinados a aquisição de bens e serviços para a Prefeitura.