Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Gosto pela leitura em livros de papel é incentivado em Canaã dos Carajás

A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Fundação Vale, quer devolver aos jovens o gosto de tocar e folhear um livro, o que não é possível com a leitura na fria tela do tablet ou notebook
Continua depois da publicidade

Eles estão cada vez mais esquecidos nas prateleiras das estantes de casa ou da biblioteca. O que antes era crucial para o desenvolvimento educacional de toda humanidade, agora é consumido pela poeira, está caindo no esquecimento. Com o passar do tempo, folhear um livro deixou de ser tão prazeroso, pois hoje as páginas na internet parecem mais atraentes. No século XXI, os grupos de estudos que antes ficavam rodeados de pilhas de livros, hoje, com apenas um clique, estão em outro universo, o da tecnologia.

Estimular o gosto pela leitura é uma tarefa e tanto. O prazer de ler livros está em décimo lugar no gosto dos brasileiros, segundo pesquisa do Instituto Pró-Livro. Fica atrás de outras formas de entretenimento, como assistir televisão, escutar música ou rádio, navegar na Internet, ficar com amigos e família ou usar WhatsApp e Facebook. Mas, um personagem pode revelar a senha para este novo mundo do conhecimento e da imaginação proporcionada pelos livros: os agentes das bibliotecas escolares.

Em Canaã dos Carajás, a rede de bibliotecas das escolas municipais e a sala de leitura da Casa da Cultura terão profissionais da Educação ainda mais preparados para esse papel. A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Fundação Vale, trouxe para o município o Projeto Rotas e Redes Literárias.

O objetivo principal da iniciativa é ampliar o acesso ao livro literário e o número de leitores, por meio da formação dos profissionais de Educação como mediadores da leitura, além do fortalecimento de uma rede leitora na região.

Formação e doação de livros

O projeto conta com a consultoria e experiência do Instituto de Arte Tear. Na formação, 40 educadores participarão de encontros mensais até outubro, por meio de oficinas que fortalecem e ampliam o interesse pela leitura com uso de diferentes linguagens da arte, como contação de histórias, teatro, dança, música, artes visuais e arte mídias. Além disso, serão doados livros para 21 escolas de Canaã dos Carajás, em complementação ao acervo existente.

Vantagens da leitura

A pesquisa do Instituto Pró-Livro apontou ainda o que a leitura significa para os que leem: conhecimento, atualização e crescimento profissional, além de ensinar a viver melhor. Entre outros tantos ganhos, esses foram alguns dos principais citados.

Marabá

Feira das Profissões terá mix com mais de 50 cursos da Unifesspa, Uepa e IFPA

Evento vai acontecer no Shopping Pátio Marabá durante dois dias no final deste mês
Continua depois da publicidade

Nos dias 25 e 26 de agosto de 2018 acontecerá no Shopping Pátio Marabá, a II Feira das Profissões envolvendo a Unifesspa, Uepa e IFPA. As instituições apresentarão mais de 50 cursos, entre técnicos, tecnólogos, graduações (bacharelados e/ou licenciaturas) e pós-graduações Lato e Stricto Sensu.

A primeira edição da Feira ocorreu em 2017 e foi promovida pela Unifesspa, quando o evento recebeu em torno de 7.000 visitantes que puderam conhecer os mais de 40 cursos de Graduação e Pós-graduação ofertados pela Instituição.

Este ano, a Unifesspa firmou parceria com a Uepa e o IFPA para promover a II edição da Feira e apresentar aos visitantes a estrutura de mais de 50 cursos. A feira acontecerá no Espaço de Eventos do 2º piso do Shopping Pátio Marabá, em frente à loja Riachuelo e se estenderá pelo corredor em frente à loja Polishop, ocupando uma área de cerca de 1.000 m2, gentilmente cedida pelo Shopping.

Os estudantes que estão se preparando para fazer o Enem terão a oportunidade de conversar com docentes e discentes sobre o perfil dos cursos, tirar dúvidas sobre os campos de atuação profissional e realizar teste vocacional, além de obter informações sobre as formas de ingresso nas Instituições envolvidas e detalhes sobre as ações afirmativas que garantem o ingresso e permanência dos estudantes nos cursos.

O principal objetivo da Feira é proporcionar aos visitantes informações precisas e ao mesmo tempo detalhadas sobre os diversos cursos que estarão expostos e assim auxiliar os estudantes na escolha da sua profissão de maneira mais consciente.

“Ao visitar os estandes, o público obterá informações sobre a duração dos cursos, grade curricular, áreas de abrangências, inserção no mercado de trabalho entre outras importantes informações que contribuirão para uma melhor escolha dos candidatos ao Enem. A Feira também tem uma importante função que é mostrar a importância da formação acadêmica para a qualificação profissional”, ressaltou a Profa. Dra. da Unifesspa, Andréa Novais, uma das coordenadoras do evento.

A II Feira das Profissões é uma ação sinérgica dos professores, técnicos e estudantes que atuam em diferentes áreas na Unifesspa, UEPA e IFPA.  As visitas aos estandes acontecerão nos dias 25 e 26 de agosto, respeitando os horários de funcionamento do Shopping Pátio Marabá.

Curionópolis

Uniformes escolares são entregues para alunos de Serra Pelada

A Secretaria Municipal de Educação (SEMED) concluiu a doação de mais de 10.000 kits de uniformes e beneficiou mais de 5.000 alunos de todo o município.
Continua depois da publicidade

Neste domingo (12), Dia dos Pais, as famílias dos alunos da rede municipal de ensino de Serra Pelada receberam um presente especial: os uniformes escolares, um benefício inédito para a comunidade escolar de toda Curionópolis! A entrega foi realizada no ginásio da Praça da Juventude.

Com a entrega realizada no domingo, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) concluiu a doação de mais de 10.000 kits de uniformes e beneficiou mais de 5.000 alunos de todo o município. Os alunos da zona urbana receberam seus kits em junho.

“Nós temos uma condição financeira muito pouca, todo ano eu tinha que comprar os uniformes para os meus netos, pesava no bolso! Estamos muito felizes em receber esses uniformes da Prefeitura”, agradeceu a aposentada Júlia de Jesus. Cada aluno recebeu dois kits completos de uniforme, incluindo um específico para Educação Física.

“É a primeira vez que as escolas de Serra Pelada estão recebendo as fardas grátis, antigamente todo pai e toda mãe tinha que comprar as fardas das suas crianças”, afirmou o agricultor Luiz Chagas, mais conhecido como Jamanta, ele tem seis filhos e seis netos na rede pública, todos foram contemplados.

“Estamos cumprindo mais um compromisso de campanha, em especial na educação que é uma área prioritária neste governo! Ano passado foram reformadas as escolas, fizemos a aquisição de duas mil carteiras escolares, avançamos bastante na merenda escolar e este ano estamos entregando o uniforme escolar”, relembrou o prefeito de Curionópolis, Adonei Aguiar.

“E os investimentos na Educação não vão parar, faremos quadras e muros de escolas aqui em Serra Pelada e vamos adquirir, no próximo ano, kits de materiais escolares para doar aos alunos de toda a rede do município”, adiantou o prefeito.

A secretária municipal de Educação, Lêda Viveiros, destacou a importância do ato realizado pela Prefeitura, “o uniforme padroniza, organiza, valoriza a educação. É muito importante para a organização no geral e para as famílias porque gera economia, os valores que se gastariam com uniformes podem ser utilizados para outras necessidades dos alunos.

O vereador Francisco Aderbal, presidente da Câmara Municipal de Vereadores, prestigiou o evento de entrega dos uniformes e parabenizou a gestão municipal pela iniciativa, “prometemos realizar tudo isso aqui em Serra Pelada e estamos cumprindo”, complementou.

Tucuruí

Reconstruída, escola Ana Pontes Francez é reinaugurada

Escola está localizada no bairro Jardim Marilucy e atende 1559 alunos dos ensinos fundamental e médio
Continua depois da publicidade

O governo do Estado entrega nesta segunda-feira (13) à comunidade de Tucuruí, a nova Escola de Ensino Médio Ana Pontes Francez. A cerimônia ocorre nas dependências do colégio, às 9h, e contará com a presença do governador Simão Jatene, do Prefeito Artur Brito e da Secretária de Educação, Ana Cláudia Hage, além dos alunos, professores, servidores e outras autoridades da cidade.

Reconstruída integralmente, a nova escola tem 21 salas de aula, uma sala de atendimento educacional especializado, um laboratório de informática e uma biblioteca; no bloco administrativo: sala da direção, sala da coordenação pedagógica e sala dos professores. Está equipada com uma copa e cozinha, um depósito de alimentos da merenda escolar e banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais. As instalações receberam 28 centrais de ar refrigerado e 800 novas carteiras de alunos.

Financiada com recursos do Tesouro Estadual, a obra foi executada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio de convênio com a Prefeitura de Tucuruí ao custo de R$ 3.377 milhões, sendo R$ 1 milhão de contrapartida do município.

O Prefeito Artur Brito agradece o governador pela obra entregue e salienta que as novas estruturas vão garantir mais qualidade no ensino dos alunos. “É uma grande conquista para nossos estudantes e professores. Esses investimentos criam condições para uma mudança da qualidade efetiva da educação. Estamos empenhados em realizar melhorias para nossa cidade. Tenho certeza  de que dias melhores virão e aos poucos vamos retornando com todas as obras que precisam ser realizadas e que tanto a população precisa”, disse Artur Brito.

A escola Ana Pontes Francez está localizada no bairro Jardim Marilucy e atende 959 alunos do Ensino Médio – incluídos os matriculados nos programas Mundiar, Educação de Jovens e Adultos (EJA), e tem também no Ensino Médio do Sistema Interativo Educacional (SEI). A Prefeitura de Tucuruí ocupa oito salas da nova escola, atendendo mais 600 alunos do Ensino Fundamental.

A Escola Ana Pontes Francez, criada pelo Decreto Lei nº 453/8, de 21 de maio de 1986, homenageia a esposa do ex-prefeito do município, Alexandre José Francez. Até 1996, a escola era voltada para o Ensino Fundamental, que foi transferido no ano seguinte ao município. O Ensino Médio foi implantado em 1998.

Esta é a quinta escola reformada e ampliada que o Governo do Estado entrega este ano e faz parte de um pacote de mais de 100 obras que a Seduc está executando, que beneficiam 53 municípios.

Redenção

Escolas da rede municipal de Redenção festejam o Dia dos Pais

Na Escola “Ronan Fidelis de Melo”, a data foi comemorada com um delicioso café da manhã
Continua depois da publicidade

Várias escolas da rede municipal de ensino de Redenção festejaram a data em alusão ao dia dos pais que será comemorado amanhã, domingo, dia 12 agosto. A Escola “Ronan Fidelis de Melo”, localizado na Avenida Olga Lustosa, no setor Planalto I, realizou um café da manhã. Diversos pais de alunos da unidade escolar compareceram às homenagens a diretora, Eliene Lucena, agradeceu todos. “Está é uma simples homenagem, porém é de coração. Quero agradecer todos os professores que se empenharam para a realização deste evento, agradeço também ao secretário de Educação e a prefeitura, pela oportunidade recebida” disse a diretora.

Em meio ao evento realizado o representante comercial Wesley Garcia agradeceu pelo convite e se congratulou com a direção da escola. “A escola está de parabéns em comemorar a o Dia dos Pais. Ficou muito lindo, parabéns” disse ele.

Já a estudante Anny Caroline Aguiar aproveitou a oportunidade para parabenizar o pai. “Domingo é Dia dos Pais, eu quero desde já agradecer ao meu pai e dizer que ele é o melhor pai do mundo” disse ela.

Pará

Mais de 200 educadores capacitados para turmas de alfabetização

Foi durante o I Encontro Formativo PMAlfa, quando coordenadores pedagógicos, diretores e secretários de Educação reafirmaram o compromisso de fortalecer a alfabetização nos municípios
Continua depois da publicidade

Secretários municipais de Educação, coordenadores pedagógicos, diretores de escolas e dirigentes da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e da União dos Dirigentes Municipais da Educação (Undime) reafirmaram, ontem, quinta-feira (9), o compromisso de fortalecer a alfabetização nos municípios paraenses por meio do Programa Mais Alfabetização (PMAlfa), durante o I Encontro Formativo PMAlfa, para formação dos educadores do programa. O evento reuniu 240 profissionais de educação no Campus BR da Universidade da Amazônia (Unama), em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.

“Mais Alfabetização” é um programa do Ministério da Educação, cuja coordenação estadual é feita por representantes do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Undime e Seduc, em parceria com as secretarias municipais de Educação. O programa visa à alfabetização de crianças até o 2º ano do ensino fundamental, em sintonia com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

A presidente da Undime Pará e secretária municipal de Educação em Marituba, Kátia Cristina Santos, disse que os educadores têm de atuar em diferentes “realidades amazônicas”, com seus desafios específicos na área da Educação.

No Pará, o PMAlfa tem como meta atuar nos 144 municípios, com 10.244 turmas, para atender a 428.194 estudantes. De abril até o momento, o Estado contabiliza 8.235 turmas cadastradas, correspondendo a 80,4% do total previsto, beneficiando 298.361 alunos (69,7% do total almejado). O programa envolve escolas estaduais e municipais.

Um fator diferencial do programa é a presença de um assistente de alfabetização (estudantes universitários) auxiliando o professor em sala de aula. No Pará, são previstas 9.642 turmas com assistentes de alfabetização, das quais já funcionam 6.921 (71,8% do total).

Olhar para o aluno

“Em Santarém, o programa está presente em 174 escolas das zonas urbana e rural. Essa formação contribui para se fortalecer o trabalho juntamente com os assistentes nas salas, ou seja, se olhar mais para os alunos, principalmente aqueles com dificuldade de alfabetização”, informou a coordenadora do PMAlfa naquele município, Heloísa Helena Souza.

Após viajar 36 horas de barco do município de Anajás, no Arquipélago do Marajó, para Belém, a fim de participar da formação realizada durante dois dias, a coordenadora do PMAlfa naquela cidade, Aparecida Cordeiro, declarou que quer “contribuir para que as crianças possam ser alfabetizadas e, assim, possam seguir nos estudos”.

“O programa fortalece a alfabetização por dar um suporte maior ao professor em sala”, afirmou Adivanildo Lucena, secretário municipal de Educação de Alenquer (oeste parense) e presidente da Associação dos Municípios da Calha Norte (Amucan).

Mais Alfabetização em Parauapebas

No município, são 41 escolas contempladas com o programa, que já beneficia mais de 7.800 estudantes de 306 turmas de 1° e 2° ciclo do ensino fundamental.

Segundo Edson de Oliveira, coordenador municipal do PMAlfa, o programa vem para apoiar, fortalecer e tornar mais eficiente o processo de alfabetização. Ele, que também participou do encontro, afirma que “a formação contribui para o fortalecimento das ações e estratégias que visam o alcance das metas estabelecidas”.

Canaã dos Carajás

EJA leva esperança para mais de 40 jovens e adultos em Canaã

Aulas de alfabetização serão ministradas no anexo da Escola Municipal Tancredo Neves, inaugurado esta semana
Continua depois da publicidade

Ana Cláudia nunca imaginou retornar à sala de aula já “beirando” os 50 anos de idade. Quando mais nova, a vida corrida na zona rural, o casamento com pouca idade e as obrigações diárias foram fazendo com que a dona de casa deixasse a conclusão dos estudos para segundo plano.

Mas, como já dizia o talentoso e surpreendente Walt Disney, “Se você é capaz de sonhar, é capaz de realizar”. Mas Ana Cláudia nunca perdeu a esperança de que um dia retornaria à sala de aula. “Eu morava na roça, casei cedo e passe a me dedicar 100% a minha família. A educação dos meus filhos passou a ser prioridade na minha vida. Mas eu nunca desisti, sempre sonhei um dia em voltar a estudar”, disse.

Na noite desta terça-feira (07), a dona de casa, que hoje é avó de duas crianças, integra um grupo de 40 jovens e adultos do Residencial Canaã (casas populares), em Canaã dos Carajás, inseridos na EJA (Educação de Jovens e Adultos), que terão a oportunidade de alcançar a tão sonhada alfabetização.

As aulas serão ministradas no anexo da Escola Municipal Tancredo Neves, inaugurado esta semana, e que está localizado no bairro Nova Esperança, que faz divisa com o Residencial Canaã. Por lá, alunos das duas localidades e setores vizinhos serão atendidos.

Inicialmente, as aulas aconteceriam no Centro Comunitário do Residencial, mas, devido a outras demandas do local, um imóvel foi alugado no bairro vizinho para atender aos estudantes. “Nunca é tarde para realizar sonhos e projetos. A educação é fundamental para qualquer ser humano e se qualificar é o diferencial para melhores vagas no mercado de trabalho. É uma satisfação poder oferecer mais um espaço educador para a comunidade. Vai funcionar, inicialmente, de forma provisória, até que seja concluída a construção da nova escola”, declarou o gestor municipal, Jeová Andrade.

As inscrições para o EJA continuam abertas e os interessados devem procurar o anexo para a matrícula.

Pará

Alunos da rede estadual de ensino farão simulado online para a prova do Enem

A iniciativa deverá atingir 120 mil alunos de diversas regiões do Estado do Pará.
Continua depois da publicidade

De volta às aulas, os alunos do Ensino Médio da rede pública de ensino vão contar com mais uma ferramenta pedagógica que alia Educação e Tecnologia. De 27 de agosto a 2 de setembro, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) promoverá simulados online para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A atividade piloto é uma ação contemplada pelo Sedutec – Tecnologia para Educação Paraense, que tem o objetivo de dotar toda a rede estadual de ensino com ferramentas inovadoras do Google, a fim de potencializar as iniciativas da Secretaria de Educação nos campos pedagógicos, de gestão e de Comunicação.

Iniciado em 2017, o projeto Sedutec é realizado em parceria com a Inteceleri, representante oficial do Google no estado do Pará. A formação faz parte do Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão da Cobertura da Educação Básica, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Até hoje, mais de 36 mil contas Google foram criadas em toda rede, há mais de 1.400 usuários finais, além de 100 multiplicadores, que foram capacitados para utilizar as ferramentas.

Atualmente, há quatro escolas pilotos que receberão o simulado. São elas: Escola Drº Ulysses Guimarães, Escola Manoel Leite Carneiro, Escola Santa Tereza D’Ávila e Escola Salesiana do Trabalho. Cada escola aplicará o simulado para que os alunos treinem para o Enem, por meio da plataforma Google Forms (formulários) e não contará como nota avaliativa de aprovação curricular dos estudantes.

O Google formulários é uma plataforma gratuita para criação e resposta de formulários e questionários, que pode ser acessada a partir de diversos dispositivos, como computadores e smartphones.

A Seduc estimula o uso dos laboratórios de informática das escolas para a realização do simulado, os alunos também poderão executá-lo por meio de dispositivos pessoais, flexibilizando o processo de aprendizagem. De acordo com o Censo Escolar 2017, as quatro escolas pilotos selecionadas possuem laboratórios de informática ou Chromebooks cedidos pelo Sedutec.

Os alunos com melhor desempenho no simulado farão parte de um Tour da Inovação, que passará por diversos pontos de Ciência e Tecnologia de Belém. Além disso, todos os participantes vão receber certificados digitais.

Todos os estudantes da rede estadual de ensino podem ter uma conta institucional Google, que possibilita o acesso a mais de dez ferramentas. Para ter acesso, é necessário um termo de autorização que deve ser assinado pelos pais ou responsáveis legais.

Governo do Pará