Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Projeto de zumba da SEMEL vem sendo realizado com sucesso no Ginásio Poliesportivo

As aulas são comandadas pelo professor Marcos Play e contam com, aproximadamente, mil alunas
Continua depois da publicidade

Por Fábio Relvas

As famosas aulas de zumba estão virando febre na cidade de Parauapebas, sudeste do Pará. Graças ao empenho e dedicação do professor Marcos Martins de Araújo, ou simplesmente Marcos Play, como é conhecido no município. Marcos conta com o suporte e apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), que possui um projeto dentro do Ginásio Poliesportivo, o qual permite ao professor ministrar aulas para alunas que variam entre 600 e 1.000 pessoas.

“Eu amo fazer o que eu faço, que é dar aula de zumba para as minhas alunas. Para mim é muito gratificante levar, através das minhas aulas, uma qualidade de vida melhor para elas, porque isso é uma qualidade de vida. Além da Zumba fitness, eu tenho outras especialidades que são: o Strong by Zumba; Zumba Tonic; Aqua Zumba, na piscina; Zumba Gold, para idosos,” afirmou Marcos Play, professor de zumba.

O professor Marcos Play tem 39 anos, é nascido na cidade de Patos, na Paraíba, e criado em Imperatriz do Maranhão. Mora em Parauapebas há 14 anos, onde foi pioneiro com o projeto de zumba. Em 2014, a zumba era praticada no Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC), no bairro Cidade Nova, oportunidade na qual o projeto expandiu na cidade, com aproximadamente 1.000 alunas.

Em 2016, o projeto de zumba do CDC terminou e foi por essa razão que a SEMEL abraçou a causa, convidando o professor a seguir com o projeto dentro do Ginásio Poliesportivo. As atividades estão sendo realizadas com sucesso; as aulas ocorrem todas as segundas-feiras, a partir das 18h, com a famosa Zumba Reggaeton, que atrai centenas de pessoas.

“Graças a Deus, é muito gratificante poder estar passando, a cada dia, o que eu aprendo e tenho aprendido na minha caminhada para a galera. Agradeço a Secretaria de Esporte e Lazer (SEMEL), em nome do secretário Laoreci Diniz, que tem dado todo o suporte e o apoio para mim. Agora, em setembro, iriei participar da gravação de um DVD com o criador da zumba, Beto Pérez, em São Paulo, e também farei um curso com ele lá,” disse o professor.

As pessoas que tiverem interesse em participar das aulas de zumba devem fazer a matrícula na SEMEL, que fica localizada no Ginásio Poliesportivo, no bairro Beira Rio. As aulas são ao comando do professor Marcos Play, que está há quatro anos na profissão, com formação em Educação Física e credenciado no Conselho Regional de Educação Física (CREF) e na Zumba Fitness, entre outras especialidades.

Esportes

Parauapebas realizou a IV Taça de Voleibol no Ginásio Poliesportivo Municipal

O evento foi realizado pela SEMEL e contou com a participação de cinco times no feminino e 12 equipes no masculino
Continua depois da publicidade

A cidade de Parauapebas realizou neste final de semana a IV Taça de Voleibol que foi disputada no Ginásio Poliesportivo Municipal do bairro Beira Rio. A competição contou com a participação de cinco equipes no feminino, divididas em duas chaves e 12 times no masculino, divididos em três chaves. O evento contou com o total apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL).

A competição se entendeu ao longo de três dias e ainda em alusão aos 30 anos de emancipação política da cidade. Além de equipes da cidade de Parauapebas, o convite se estendeu para mais dois municípios que participaram da competição, como times de Curionópolis e Jacundá, agregando valores através do esporte.

“Foi mais um grande evento da SEMEL. O Voleibol de Parauapebas é o atual campeão paraense. Temos uma equipe de um nível muito alto que disputa competições municipais, estaduais e interestaduais. Nossos atletas fizeram parte de um projeto social da SEMEL e a gente sempre parabeniza esse grande trabalho e hoje eles fazem parte da equipe onde foram convocados para a Seleção Paraense e aletas campeões paraenses e brasileiros. Foi uma competição de alto nível”, afirmou Dutó Hungria, técnico da seleção e coordenador da competição.

A competição que teve um alto nível com grandes partidas de voleibol no Ginásio Poliesportivo Municipal, contou também com uma arbitragem experiente para comandar os jogos. O árbitro Fábio Holanda, que faz parte da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), arbitrou as acirradas partidas em Parauapebas. O desempenho das atletas da região sudeste engrandeceu o evento realizado pela SEMEL.

“O evento foi muito importante para agregar através do esporte como ferramenta de inclusão social. A gente viu que houve um equilíbrio entre as equipes no decorrer da competição e o nível aumentou com grandes jogos. O mais importante é ressaltar que para o munícipio de Parauapebas é bom demais e a gente agradece a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer”, ressaltou Fábio Holanda, árbitro da CBV.

Na categoria feminina, a Cia do Vôlei de Parauapebas foi a campeã, seguida pelas Meninas do Vôlei que ficou com o vice e também da cidade do Pebas e a equipe de Jacundá conquistou o terceiro lugar.

“Eu me sinto muito feliz. É a segunda vez que estou participando dessa competição. O ano passado para mim foi um pouco triste, porque eu tive uma lesão na final e eu não pude terminar a competição, também fui campeã, mas eu queria muita está em quadra e esse ano foi diferente. O nosso time é muito bom, começamos vencendo e terminamos com o título. Gosto muito dessa cidade, me sinto bem aqui, a recepção é muito boa e estou muito feliz”, disse Nagila Gonçalves, atleta da Cia do Vôlei de Parauapebas, campeã da IV Taça.

Pelo masculino, o título ficou com a rapaziada do UNIASSELVI, tendo o time do Hidrogyn como vice-campeão e a equipe do Modena com o terceiro lugar. Todas as três equipes de Parauapebas.