Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esportes

Em um jogo dramático, Paysandu empata contra o Juventude na Curuzu

A partida foi bastante movimentada e as equipes acabaram no empate em 3 a 3
Continua depois da publicidade

Um jogo dramático até o apito final. Foi assim a partida entre Paysandu e Juventude-RS, realizada na noite desta sexta-feira (31), no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém, válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo movimentado terminou empatado em 3 a 3. Um resultado péssimo para as duas equipes que lutam contra o rebaixamento.

O time gaúcho saiu na frente com o gol do meia Denner, aos 29 minutos do 1° tempo. O Paysandu foi para cima e empatou a partida ainda na primeira etapa, com o gol de cabeça do zagueiro Diego Ivo, aos 41 minutos. Veio o segundo tempo e o Papão foi logo virando, aos 7 minutos, com o gol de cabeça do atacante Hugo Almeida. Os gols de cabeça não pararam por ai.

Após bola na área Rafael Bonfim empatou de cabeça para o Juventude, aos 15 minutos, e o atacante Caio Rangel virou o jogo para o Papagaio gaúcho, aos 18 minutos. O árbitro acrescentou cinco minutos e ao apagar das luzes, o zagueiro Diego Ivo, aos 50 minutos, deixou tudo igual na Curuzu: 3 a 3.

Com o resultado, o Paysandu saiu momentaneamente da zona de rebaixamento, com 26 pontos e na 16ª colocação, tendo que secar o CRB-AL na partida contra o Sampaio Corrêa-MA para permanecer fora da zona da degola.

O Paysandu volta a campo contra o São Bento-SP, nesta terça-feira (04), às 20h30, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba-SP. A partida será válida pela 25ª rodada da Série B.

O jogo: Papão 3 x 3 Papagaio – Jogo dramático até o último minuto!

O Juventude começou o jogo assustando, quando Leandro Lima em jogada individual, tocou para o chute de Denner, o goleiro Renan Rocha defendeu bem para o Paysandu. O Papão respondeu na jogada de Matheus Silva, que cruzou, a bola espirrou e sobrou para o chute de Guilherme Santos, desta vez foi o goleiro Matheus Cavichioli que trabalhou bem para a equipe gaúcha.

Em uma tabela do time do Papagaio gaúcho, Denner chutou de bico para abrir o placar na Curuzu, aos 29 minutos, 1 a 0 Juventude. Minutos depois, Guilherme Santos clareou a jogada e disparou para fora, quase marcando o gol de empate. A torcida bicolor começava a pegar no pé de alguns jogadores. Matheus Silva fez jogada pelo lado direito e cruzou para o chute de Renato Augusto, mas o volante do Papão isolou, levando a Fiel Bicolor ao desespero.

O alívio chegou quando a bola foi alçada na área, e o zagueiro Diego Ivo desviou de cabeça, deixando tudo igual na Curuzu, 1 a 1, aos 41 minutos. Na etapa final, o Verdão chegou com Caio Rangel, que disparou para a grande defesa do goleiro Renan Rocha, evitando o segundo tento gaúcho. Mas quem chegou ao segundo gol foi o Papão. Pedro Carmona levantou na área para a cabeçada de Hugo Almeida, virada bicolor, aos 7 minutos: 2 a 1.

Veja também:  Na estreia do técnico João Brigatti, Paysandu vence o Avaí na Curuzu

O jogo pegou fogo literalmente. A torcida começou a empurrar o time, que foi para cima e quase chegou ao terceiro. Matheus Silva fez boa jogada e cruzou, a zaga gaúcha cortou o perigo. Pedro Carmona cobrou escanteio venenoso, o goleiro Matheus Cavichioli salvou o time alviverde. Depois de dois lances perigosos, o time bicolor viu a equipe gaúcha reagir virando a partida.

Após bola na área, o zagueiro Rafael Bonfim apareceu livre e de cabeça empatou o jogo, aos 15 minutos, 2 a 2.  Não demorou muito para o Juventude virar a partida. Aos 18 minutos, Denner tocou para o atacante Caio Rangel, que fuzilou para o fundo do barbante, 3 a 2, Verdão. A torcida do Papão começava a ficar impaciente com o time. Na tentativa de um outro empate bicolor, Hugo Almeida tentou marcar outra vez de cabeça, mas a bola foi para fora.

O meia Thomaz que entrou na partida no posto de Pedro Carmona, fez boa jogada individual e arriscou de fora da área, a bola foi para fora. O volante Renato Augusto teve a mesma ideia e disparou, mas mandou longe da meta do goleiro Matheus Cavichioli. Nos minutos finais o Juventude poderia ter matado o jogo, mas o atacante Guilherme Queiroz furou na hora de finalizar para o gol.

Todo mundo queria resolver no Paysandu. Em vez de trabalhar a bola, Lúcio Flávio resolveu chutar e mandou para fora. O árbitro deu mais cinco minutos de acréscimo. Tempo suficiente para o time bicolor empatar o jogo. Após bola na área, o zagueiro Diego Ivo mandou para o fundo do gol, aos 50 minutos. Placar final: Paysandu 3 x 3 Juventude.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Renan Rocha; Matheus Silva, Perema, Diego Ivo e Diego (Lúcio Flávio); Renato Augusto, Nando Carandina (Magno), Alan Calbergue, Pedro Carmona (Thomaz) e Guilherme Santos; Hugo Almeida. Técnico: Ailton Costa.

JUVENTUDE: Matheus Cavichioli; Vidal, Rafael Bonfim, Fred e Maurício; Diones, Lucas, Leandro Lima (Tony) e Denner; Caio Rangel (Rafinha) e Elias (Guilherme Queiroz). Técnico: Luiz Carlos Winck.

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

Assistentes: Edson Antônio de Sousa (GO) e Márcio Soares Maciel (GO)

Cartões amarelos: Lúcio Flávio e Alan Calbergue (Paysandu); Vidal, Diones, Tony, Leandro Lima, Caio Rangel e Elias (Juventude)

Gols: Denner, aos 29 minutos do 1° tempo para o Juventude; Diego Ivo, de cabeça, aos 41 minutos do 1° tempo para o Paysandu; Hugo Almeida, de cabeça, aos 7 minutos do 2° tempo para o Paysandu; Rafael Bonfim, de cabeça, aos 15 minutos do 2° tempo para o Juventude; Caio Rangel, aos 18 minutos do 2° tempo para o Juventude; Diego Ivo, aos 50 minutos do 2° tempo para o Paysandu.

Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém

Por Fábio Relvas
Foto: Fernando Torres / Ascom Paysandu

Deixe uma resposta