Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Fechamento do Senai em Canaã dos Carajás causa impacto na sociedade

Empresários, ex-alunos e pessoas da comunidade lamentam que mais uma porta se feche para os jovens canaenses. Outros culpam o Poder Público municipal e falam em retrocesso
Continua depois da publicidade

O que ontem era um boato e deixou a sociedade canaense temerosa, hoje, terça-feira (17), tornou-se realidade e deixou a cidade triste. Conforme nota emitida no final da manhã, pela Fiepa (Federação das Indústrias do Estado do Pará), em sua pagina oficial no Instagram, a Unidade Canaã dos Carajás do Senai (Serviço Nacional Aprendizagem Industrial) está encerrando suas atividades no município. A informação foi confirmada, via e-mail, pela Assessoria de Comunicação da Fiepa.

A Fiepa é porta-voz dos interesses do setor industrial perante a sociedade e ao poder público, participando ativamente das principais ações que determinam os rumos da economia paraense.

Na opinião do empresário Marcelo Siqueira, o fechamento da instituição representa o reflexo do abandono político no município. “Acho que é mais um retrocesso para Canaã e é o retrato do abandono político por parte do governo e dos vereadores para com a cidade. A gestão pública não sabe o que fazer ou não se importa”, declara ele.

A notícia também não agradou aos jovens que se encontram atualmente no mercado de trabalho, após terem sido qualificados as salas de aulas do Senai, como é o caso da Liandra Nascimento, que hoje possui o diploma de assistente administrativo. “Logo essa unidade que proporcionou a mim e a outros jovens tantos conhecimentos. Ela precisa continuar funcionando e formar mais pessoas. Desse jeito, o Brasil nunca vai pra frente”, desabafa a jovem, de 18 anos.

Instituição de direito privado, mantido e administrado pela indústria, o Senai é a maior instituição de educação profissional da América Latina. Está presente em todos os Estados do Brasil, com 1.022 unidades fixas e móveis. Em mais de sete décadas de existência, já qualificou, nacionalmente, 68,2 milhões de pessoas. Trabalha em 28 áreas da indústria brasileira, desde a iniciação profissional até graduação e pós- graduação. Além de tudo isso, a instituição oferece transferência de tecnologia e inovação para as demandas do setor produtivo.

Veja também:  Jovens de Curionópolis recebem oportunidade de qualificação profissional

No Pará desde 1953, o SENAI atua com 15 unidades fixas e 21 unidades móveis, tendo qualificado, em mais de seis décadas, 700 mil pessoas para o mercado de trabalho. Além disso, a instituição oferta Cursos a Distância (EAD) de iniciação profissional, modalidade pelo qual realizou, só em 2015, 12.892. Atua em 20 áreas da indústria.

A unidade se instalou em Canaã há 11 anos e foi a grande responsável pela capacitação de milhares de pessoas. “O Senai trouxe muito desenvolvimento para a cidade em matéria de conhecimento, seu trabalho é reconhecido. A cidade e as empresas prestadoras de serviço só têm a perder com o fechamento da instituição”, reforça Myllena Sousa.

“Eu fico triste em saber que é mais uma porta que se fecha para aqueles que almejavam algum curso na área industrial e também por aqueles que, por não possuírem condições financeiras para custear os estudos, por meio do Senai estavam na expectativa de conseguir alguma bolsa”, lamenta Larissa Paiva.

Confira o Comunicado da Fiepa

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Unidade Canaã dos Carajás, esclarece que está em processo de encerramento de suas atividades no município. A difícil decisão foi tomada em virtude da baixa demanda aos serviços do Senai Canaã dos Carajás, por parte das empresas e comunidade da região onde ele está instalado, o que consequentemente resulta na insustentabilidade desta unidade. Desta forma, foi preciso tomar a decisão do desligamento e/ou transferência de colaboradores para outras unidades do Senai no Pará. Informamos que as demandas de Canaã dos Carajás serão atendidas pela unidade de Parauapebas.

Deixe uma resposta