Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Merenda escolar

Governo de Curionópolis incentiva a agricultura familiar

O objetivo é orientar os agricultores curionopolenses a se adequarem ao PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar.
Continua depois da publicidade

É com o intuito de que os agricultores se tornem potenciais fornecedores para a prefeitura municipal, através da Secretaria Municipal de Educação, que o prefeito Adonei Aguiar está investindo na agricultura familiar no município de Curionópolis.

Importantes reuniões e seminários, com o objetivo de orientar os agricultores a se adequarem ao PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar -, estão sendo realizados afim de que eles organizem documentos para que possam participar de Chamada Pública e assim fornecerem alimentos para a merenda escolar. A SEMPRO – Secretaria Municipal de Produção – vem trabalhando com persistência e, em parceria com a EMATER – Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural – tem oferecido apoio técnico aos agricultores.

As visitas vêm ocorrendo nas propriedades onde a Secretária Municipal de Produção, Adriana Gomes, juntamente com sua equipe, procura saber as necessidades do agricultor, bem como o que ele tem a oferecer, e assim o aproxima de ser um fornecedor. “Estamos querendo conhecer quem são nossos produtores, como vivem, o que plantam, qual sua capacidade de produção e o quanto pretende e pode ampliar”, afirma Adriana, que na manhã desta quarta-feira, 7, visitou algumas propriedades.

A SEMPRO vem, ainda, realizando o Cadastramento Rural com o objetivo de identificar os que já estão aptos a participar da chamada pública e auxiliando na emissão da DAP – Declaração de Aptidão ao Pronaf. Diversas propriedades já foram cadastradas e o trabalho continua se estendendo agora às demais regiões, entre elas, da Cutia, Sereno, Alto bonito, Curral Preto e Serra Pelada.

Para este ano, segundo Adriana Gomes, o incentivo deverá alcançar os produtores, já que o governo destinou recursos no orçamento para tais atividades, entre elas: preparação de solo e abertura de tanques para piscicultura.

“Antes que fosse incentivado o aumento da produção, o governo recuperou todas as estradas vicinais e isto é algo que já estimula os agricultores, pois é a garantia de que podem escoar suas respectivas produções”, diz Adriana.  (Francesco Costa – ASCOM PMC).

Deixe uma resposta