Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Paysandu fica no empate diante do Sampaio Corrêa no Estádio Castelão pela Série B

A partida foi válida pela quarta rodada e o resultado deixou o Papão como vice-líder com dez pontos
Continua depois da publicidade

Por Fábio Relvas
Foto: Lucas Almeida / TV Sampaio

O Paysandu Sport Club voltou a campo, na noite desta sexta-feira (4), pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Os bicolores enfrentaram o Sampaio Corrêa-MA e ficaram no empate em 1 a 1, no Estádio Castelão, em São Luís, em partida válida pela quarta rodada do Brasileirão da Série B. Com o resultado, o Papão assumiu a vice-liderança da competição com dez pontos, enquanto que o Tubarão é o 14° colocado com apenas quatro pontos.

Os gols da partida foram marcados no início de jogo. O Sampaio abriu o marcador quando Danielzinho cobrou falta na cabeça do zagueiro Maracás, que não perdoou e marcou, aos dois minutos. O Paysandu reagiu e empatou logo em seguida, depois que Mike cobrou falta no segundo pau para o toque de cabeça do zagueiro Perema, aos nove minutos de bola rolando.

O Papão volta a campo contra o Juventude-RS, na próxima sexta-feira (11), às 19h15, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O jogo: Tubarão 1 x 1 Papão

Nem bem a bola começou a rolar no Estádio Castelão e o Sampaio Corrêa foi logo abrindo o placar. Danielzinho cobrou falta e o zagueiro Maracás subiu firme de cabeça, mandando para o fundo do gol bicolor, 1 a 0, aos dois minutos. Só que o Paysandu deu o troco na mesma moeda e logo empatou: Mike cobrou falta no segundo pau e o zagueiro Perema cabeceou para o fundo do barbante da Bolívia maranhense, 1 a 1, aos nove minutos.

O Sampaio voltou a atacar com Bruno Moura, que arrancou pela direita e cruzou rasteiro para o chute de primeira do zagueiro Joécio; a bola passou muito perto da meta de Renan Rocha. Novamente o Tubarão, o atacante Alvinho dominou na área, driblou a marcação e chutou, mas o goleiro Renan Rocha desviou pela linha de fundo. A torcida começou a empurrar o time da casa, que voltou a chegar com muito perigo, quando Alvinho novamente recebeu passe de William Oliveira e acertou um chute na trave. Chance desperdiçada.

Veja também:  No duelo dos desesperados, Brasil de Pelotas e Paysandu ficam no empate sem gols 

No segundo tempo, o jogo começou pesado, com as equipes cometendo faltas; sendo assim, os times pouco criaram chances. Quem se aproximou mais de marcar foi o Paysandu, que quase virou o placar quando Danilo Pires recebeu passe e ficou de frente com o goleiro Warleson, mas o chute foi para fora. Em um escanteio para o Sampaio, a bola foi desviada e apareceu o zagueiro Maracás tocando quase de joelho; a bola passou muito perto da meta de Renan Rocha.

Aos 39 minutos, o Sampaio quase chegou à vitória: depois da boa jogada de Esquerdinha e Danielzinho, a bola chegou para Bruno Moura, que finalizou para a defesa milagrosa de Renan Rocha, salvando no limite com a ponta dos dedos. O árbitro Wagner Reway, do Mato Grosso, levou a partida até aos 49 minutos e mais ninguém mexeu no marcador. Placar final: Sampaio Corrêa 1 x 1 Paysandu. Depois do apito final, a torcida do Tubarão vaiou o time na descida para os vestiários.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Warleson; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson (Fernando Sobral); William Oliveira, César Sampaio, Danielzinho e João Paulo (Esquerdinha); Uilliam (Carlão) e Alvinho.
Técnico: Francisco Diá

PAYSANDU: Renan Rocha; Edimar, Douglas Mendes e Perema (Danilo Pires); Matheus Silva, Nando Carandina, Renato Augusto e Mateus Muller; Mike (Thomaz), Cassiano e Claudinho (Magno).
Técnico: Dado Cavalcanti

Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)

Cartões amarelos: Alyson, Bruno Moura e William (Sampaio Corrêa); Douglas Mendes (Paysandu)
Gols: Maracás, aos dois minutos do 1° tempo para o Sampaio Corrêa; Perema, aos nove minutos do 1° tempo para o Paysandu

Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Renda: R$ 45.800,00
Pagantes: 4.119

Deixe uma resposta