Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Paysandu perde para o Flamengo na Curuzu e está eliminado da Copa do Brasil Sub-20

O time bicolor não aguentou a pressão dos cariocas e saiu da competição logo na primeira partida
Continua depois da publicidade

Por Fábio Relvas
Fotos: Fernando Torres / Paysandu

O Paysandu Sport Club estreou na Copa do Brasil da categoria Sub-20, na noite desta quinta-feira (29), e foi eliminado pelo Flamengo-RJ no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém. A equipe carioca conseguiu marcar somente no segundo tempo de jogo, com gols assinalados por Patrick Souza, aos 19 minutos e Lucas Silva, aos 22. Pelo fato de ter vencido, por 2 a 0, o Mengão eliminou o Papão logo no primeiro jogo, sem precisar da partida de volta, que seria no Rio de Janeiro, e avançou para a segunda fase da competição.

O jogo: Paysandu 0 x 2 Flamengo – Sub-20

Apesar de jogar fora de casa, o Flamengo teve mais posse de bola e foi para cima do Paysandu afim de eliminá-lo logo na primeira partida. Na chegada do Mengão, Michel cruzou para a finalização de Wendel e a bola passou assustando a meta do goleiro Afonso. O meia rubro-negro Pepê, arriscou de fora da área em uma belo chute e quase marcou um golaço; o goleiro Afonso teve que se virar e defendeu em dois tempos.

O Papão finalmente chegou aos 13 minutos, mas, após lançamento para Igor Daniel, a arbitragem paralisou o lance, marcando impedimento do meia bicolor. O lateral-esquerdo Michel, do Urubu, estava se destacando: dessa vez, cruzou a bola na boca do gol e Wendel não alcançou o que seria o primeiro do jogo. O Paysandu respondeu com Zizão, que atirou forte de fora da área e parou na defesa do goleiro Gabriel Batista.

O Flamengo voltou a assustar após a cobrança de escanteio de Luiz Henrique; o jogador do clube carioca quase marcou um gol olímpico no Estádio da Curuzu. Pepê dominou uma bola e lançou para o atacante Luiz Henrique, que ficou de boa para marcar, mas a arbitragem anulou a jogada marcando impedimento do atacante do Mengão. Igor Daniel pegou uma sobra de bola para o time paraense, arrumou, ajeitou e disparou, mas o goleiro Gabriel Batista defendeu bem.

Veja também:  Atlético Paraense vence o Docenorte em amistoso visando a Segundinha do Parazão

Na segunda etapa, o rubro-negro carioca estava querendo decidir o jogo. Victor Gabriel recebeu uma excelente bola na frente, mas, outra vez, foi marcado impedimento. Só dava Flamengo. Matheus Alves disparou um chute forte e o goleiro Afonso soltou com estilo, evitando o gol. Na sequência da jogada, após cobrança de escanteio, o zagueiro Patrick Souza subiu mais alto e meteu a cabeça na bola, marcando o primeiro gol da partida: 1 a 0 Mengão, aos 19 minutos.

O Papão sentiu o gol do adversário e a casa caiu logo em seguida: Pepê cobrou falta; a bola sobrou para Lucas Silva, que emendou um belo chute de primeira e marcou um golaço na Curuzu, 2 a 0, aos 22 minutos da etapa final. Lucas Silva teve a chance de ampliar para o Flamengo e em chute forte, parou na defesa do goleiro Afonso.

O time bicolor precisava marcar um gol para não ser eliminado ainda na primeira partida, e esse tento quase saiu: após cobrança de falta, Pablo Wallace chutou e a bola desviou no zagueiro rubro-negro e foi para fora. Placar final: Paysandu 0 x 2 Flamengo. Papão eliminado da Copa do Brasil Sub-20.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Afonso; Alisson Zizao, Raílton, Henrique e Pablo Wallace; Wellington (Otávio), Cayque (Felipe), Yuri e Igor Daniel (Bruce); João Victor (Wendesson) e Jonas (Breno Felipe).
Técnico: Rogerinho Gameleira.

FLAMENGO: Gabriel Batista; Aderlan, Dantas, Patrick Souza e Michel; Hugo, Lucas Silva (Yuri), Matheus Alves (Gabriel Gazu) e Pepê (Max); Luiz Henrique (Bill) e Victor Hugo (Wendel).
Técnico: Maurício Souza.

Árbitro: Jose Magno Teixeira do Nascimento (PA) – CBF
Assistentes: Rafael Bastos Cardoso e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso, ambos do Pará

Cartões amarelos: Wellington (Paysandu); Max (Flamengo)
Gols: Patrick Souza, aos 19 minutos e Lucas Silva, aos 22 minutos do 2º tempo para o Flamengo
Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém

Foto: Fernando Torres/Paysandu

Deixe uma resposta