Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

Pescador atira no rosto da esposa com espingarda e ela leva 10 pontos

Antonio Marcos foi preso em Jacundá e transferido para a Depol de Goianésia, onde o crime ocorreu
Continua depois da publicidade

Uma guarnição da Polícia Militar de Jacundá prendeu na madrugada desta terça-feira, 14, o pescador Antonio Marcos da Costa Viana, de 27 anos de idade, acusado de agredir sua esposa, a também pescadora Maria Jovência Sá, de 47 anos de idade. O casal comemorava o Dia dos Pais numa ilha localizada na região de Porto Novo, comunidade rural de Goianésia do Pará.

Segundo o sargento Waldemir, que estava de plantão com os cabos Carvalho, Costa e Lourenço, a guarnição recebeu um comunicado da equipe médica do Hospital Municipal Maria Cecília de Oliveira, de Jacundá, sobre um homem que chegou com uma mulher alvejada no rosto e que o ferimento era característico de arma de fogo.

Waldemir contou que, ao interrogar informalmente o pescador, ele disse que chegou na residência do casal por volta de 21h30 de domingo e foi beber com um amigo, com uma espingarda tipo por fora na mão. “Num determinado momento, sua esposa chegou brigando com ele, e que sem saber explicar efetuou um tiro que veio a alvejar o rosto da mulher”.

Veja também:  Ministério Público recomenda a PM o combate à poluição sonora em Jacundá

O acusado colocou a vítima em uma rabeta até a vila Porto Novo, e de lá a trouxe para Jacundá. Chegando ao Hospital Municipal, os funcionários entraram em contato com a PM, que deslocou uma equipe até aquela unidade de saúde e constatou o fato. Em seguida, o acusado recebeu voz de prisão. Conduzido à Depol, Antonio Marcos foi encaminhado à Delegacia de Goianésia do Pará, onde o delegado Djalma Antonio Paulo dos Santos conduzirá o inquérito.

Maria Jovência recebeu atendimento médico e mais de dez pontos foram suficientes para suturar o ferimento. Ela passa bem, porém, em observação por 24h.

Antonio Barroso – Correspondente de Jacundá

Deixe uma resposta