Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pará

Polícia Federal deflagra Operação Malacoda em Bujaru

O prefeito, a primeira-dama e a filha são acusados de participar de esquema criminoso envolvendo fraude na aquisição de merenda escolar
Continua depois da publicidade

A Polícia Federal no Pará deflagrou, na manhã desta quarta-feira hoje (25), a Operação Malacoda com o objetivo de investigar o recebimento de propina e fraudes no uso de verbas federais destinadas à merenda escolar no em Bujaru, município da Região Metropolitana de Belém. As investigações indicam o envolvimento do prefeito Jorge Sato e das secretárias de Educação e Finanças, filha e esposa do gestor, respectivamente, em atos de corrupção. Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão nas sedes da prefeitura, nas duas secretarias de Educação e Finanças e na casa dos investigados.

Os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1º Região, que também determinou o afastamento do cargo dos envolvidos, apontados como participantes de esquema criminoso que envolve possíveis fraudes em processo licitatório destinado a contratação de empresa de fornecimento de merenda escolar, envolvendo verba federal do Programa Nacional de Alimentação Escolar do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Além do direcionamento do certame para determinadas empresas, há provas de recebimento de propina pelos agentes públicos. Os investigados também serão ouvidos a fim de prestarem esclarecimentos sobre os fatos em apuração. O nome Malacoda é inspirado no livro Inferno da Divina Comédia de Dante Alighieri. Malacoda era o demônio responsável por impedir que as almas corruptas escapassem do local de punição.

Veja também:  PF apreende uma tonelada de cocaína que ia para a Europa
Fonte: Polícia Federal

Deixe uma resposta