Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Redenção

População adere ao movimento da paralisação dos motoristas

Comerciantes liberaram seus funcionários na manhã desta segunda-feira (28) e juntos, de verde e amarelo, deram apoio aos motoristas de caminhão
Continua depois da publicidade

Na manhã desta segunda-feira (28), centenas de pessoas saíram às ruas de Redenção em apoio aos caminhoneiros que estão em greve desde a última segunda-feira (21). Comerciantes liberaram seus funcionários e fecharam as portas de seus comércios em prol dos grevistas. Todos, patrões, empregados e populares, vestiram verde e amarelo e caminharam rumo à Rodovia BR-158, local onde estão concertados os manifestantes.

“Saímos às ruas na manhã desta segunda-feira em favor dos nobres caminhoneiros que estão enfrentando o sol forte há exato sete dias. Com isso, mostramos que estamos do lado dos caminhoneiros e não do governo federal”, disse Adailton Pereira representante comercial.

O Trânsito da BR-158, saída para Santana do Araguaia, ficou interditado por cerca de 30 minutos. Na ocasião os representantes dos caminhoneiros fizeram um rápido discurso e agradeceram o apoio popular.

A greve dos caminhoneiros em Redenção persiste sem prazo para acabar. Hoje completou o sétimo dia de paralisação no município que já tem afetado todos os postos de combustível.

Na manhã desta segunda-feira, a prefeitura decretou Estado de Emergência na Saúde do Município, pois a greve afetou o abastecimento de medicamentos e insumos para o regular funcionamento da rede hospitalar do município, a circulação das ambulâncias e demais veículos essenciais.

Um dos lideres do movimento dos caminhoneiros, identificado como Nilson Barulho, disse que os caminhoneiros não estão impedindo a trafegabilidade dos caminhões carregados de medicamentos e insumos para o regular funcionamento da rede hospitalar.

Deixe uma resposta