Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Religião

37º Círio de Nazaré em Marabá teve 4 horas e 20 minutos de duração

Fora o atropelamento de um agente de trânsito por motociclista embriagado, antes da procissão, tudo transcorreu com tranquilidade

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Sem alterações e dentro do que foi planejado. Foi assim que Mauro de Souza, um dos diretores do 37º Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Marabá, definiu a grande romaria de 2017. Foram 4 horas e 20 minutos de caminhada entre a Praça Duque de Caxias, onde a procissão começou pontualmente às 7h a fazer o percurso de 7,3 km até chegar ao Santuário da Folha 16, na Nova Marabá,
às 11h20.

Durante o segundo Círio do Pará em número de fiéis, a santa padroeira recebeu várias homenagens, com fogos, cânticos e muita devoção. Na corda dos promesseiros, este ano com 400 metros de comprimento, cada centímetro foi disputado silenciosamente por mãos que agradeciam por alguma graça alcançada.

Até o clima colaborou para que o Círio deste ano em Marabá transcorresse com tranquilidade. Ao contrário de dias anteriores quando a temperatura estava muito alta, neste domingo o calor se mostrou suportável, sem romeiros passando mal ou desmaiando com insolação.

Segundo a Polícia Militar, que atuou com 128 homens na segurança da procissão, o número da ocorrência de pequenos furtos diminuiu bastante este ano, com 10 pessoas sendo detidas como suspeitas. Porém, como nada foi encontrado com elas, acabaram liberadas.

Agente atropelado
Homens do DMTU, Bombeiros e Guarda Municipal também atuaram na romaria e um único incidente foi registrado no trânsito, quando o motociclista Fernando da Silva Cruz, por volta das 6h30, pilotando embriagado, conforme constatado pelo teste do etilômetro (bafômetro), atropelou o agente de trânsito Carpegiani.

Conforme o diretor do DMTU, Jocenilson Silva Souza, o atropelamento se deu na Avenida Antônio Maia, fechada para o trânsito de veículos desde as 5 horas. Fernando chegou a furar o bloqueio e foi advertido por Carpegiani que desse meia volta. A princípio ele pareceu ter seguido a orientação, mas, logo em seguida, acelerou em frente batendo no agente. Fernando acabou preso na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil, para onde foi levado, e Carpegiani, com o dos braços deslocado, removido ao Hospital Municipal, onde foi atendido. Liberado em seguida, o agente se encontra em casa, se recuperando.

Agradecimento
Ao final da procissão, na missa campal na praça em frente ao Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, na Folha 16, o bispo dom Vital Corbellini disse estar emocionado com a participação de todos no Círio 2017, os sacerdotes, os colaboradores, os voluntários, profissionais de Comunicação, que propagaram amplamente a grande festa religiosa, e aos fiéis. Depois pediu as bênçãos e a proteção de Nossa Senhora de Nazaré às famílias, reforçou a fé e a esperança em Maria e desejou que todos vivam em comunhão com Deus, por meio da padroeira. “Saímos daqui, do Círio, irmãos e irmãs, mais fortalecidos, pedindo bênçãos à nossa cidade de Marabá, pedindo água, pedindo bênçãos aos homens e mulheres, aos nossos filhos. Clamaremos a ela e ela vai levar tudo a Jesus”, disse Dom Vital.

Indagado sobre o número de fiéis que acompanhou a 37ª romaria, Mauro de Souza disse ainda não ter a informação oficial, mas estima que havia mais romeiros que em 2016, quando, segundo a Polícia Militar, cerca de 240 mil pessoas seguiram na procissão. Contatado pelo Blog, o comando do 4º BPM disse que os cálculos ainda estão sendo feitos e devem ser divulgados em breve.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!