Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Curionópolis

Acusado de matar os dois enteados, de 10 e 12 anos, está no Fórum de Curionópolis prestando esclarecimentos

Devido à repercussão do caso, a justiça de Curionópolis solicitou reforço policial da PM durante a audiência

Está acontecendo neste momento, em Curionópolis, a audiência do réu José Carlos Anjos dos Santos, acusado de assassinar os enteados de 10 e 12 anos, e de tentar matar a companheira Adriana Matos Alves, 29, e a enteada de seis anos, no dia 29 de maio passado, em Curionópolis.

José Carlos foi preso em uma ação conjunta das Polícias Civil do Pará e de São Paulo resultou na captura de José Carlos Anjos dos Santos, em Monguaguá, cidade da região metropolitana da Baixada Santista, litoral sul do Estado de São Paulo em cumprimento ao mandado de prisão decretado pela juíza Priscila Mamede Mousinho, então Juíza de Direito da Comarca de Curionópolis à época.

A provável motivação do crime foi ciúmes por parte do suspeito.

Após o crime, que abalou a cidade paraense, José Carlos, natural do litoral santista, fugiu inicialmente para Marabá de onde seguiu para o Estado de São Paulo. As vítimas foram atacadas em casa pelo acusado com pedaços de madeira que foram usados para desferir diversos golpes nas crianças e na mulher. Na casa, havia sinais de luta corporal.

José Carlos responde por duplo homicídio e pelas duas tentativas de homicídio.

O Juiz de Direito da Comarca de Curionópolis-Pará, Dr. Daniel Gomes Coêlho, considerando a gravidade do crime e a repercussão local, requisitou ao Comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, em Parauapebas, força policial para realizar a segurança do prédio do Fórum durante a permanência do preso no prédio do Fórum.

A audiência está designada para ter início às 11h00.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!