Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Educação

Alunos participam das Olimpíadas de Língua Portuguesa

Seis alunos da rede municipal de ensino de Parauapebas participam da etapa estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. A olimpíada, que este ano está em sua 5ª edição, mais uma vez traz o tema “O lugar onde vivo” e disponibilizou a alunos do ensino fundamental a inscrição em três gêneros: poemas, crônicas e memórias literárias.

Foram mais de 8 mil textos produzidos em 21 escolas municipais. Destes, três – um de cada gênero – foram selecionados pela comissão escolar, em seguida pela comissão julgadora municipal, que selecionou os dois melhores textos de cada gênero para enviar à etapa estadual.

Os alunos classificados à etapa estadual são: Waléria Diniz Santos (Escola Jozias Leão) com a crônica “O Lugar”; Vitória de Oliveira Santos (Escola Doroty Stang) com a crônica “Assalto”; Kauan Kevem Sousa Farias (Escola Fernando Pessoa) com o poema “Sabores do meu lugar”; Yasmin Borges dos Santos (Escola 18 de Outubro) com o poema “Meu singelo cenário”; Michelly Kamilly Borges Azevedo (Escola Antônio Vilhena) com a Memória Literária “Meus tempos de Maria-chão”; e Kayky Rishard da Silva Monteiro (Escola Fernando Pessoa) com “Memórias de um professor”.

BEM ELABORADOS

Dentre as 21 escolas municipais que participam da competição, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Fernando Pessoa é destaque com dois alunos inscritos para a etapa estadual: Kayky Rishard e Kauan Kevem.

Segundo Kécia Maria Paixão dos Santos, professora de Língua Portuguesa dos dois alunos, o acompanhamento realizado por ela às turmas e a dedicação deles contribuíram para esse feito. “Trabalho há três anos na escola e tem alunos que eu acompanho desde o 6º ano, então já conheço as turmas e a dificuldade de cada aluno, o que facilita o trabalho. Além do mais, os alunos são participativos e dedicados, são alunos que oferecem o melhor de si”, enfatiza Kécia, ao mencionar que a participação das famílias também contribuiu com o sucesso dos alunos e que eles estão vivenciando uma experiência ímpar.

Kauan Kevem Sousa Farias, 11 anos, aluno do 6º ano, autor de “Sabores do meu lugar”, usou a imaginação. “Não conheço a Feira do Produtor, mas queria falar e divulgar um pouco da nossa cultura e escolhi as comidas típicas encontradas na feira para isso. Pesquisei, fiz entrevistas e usei a imaginação para produzir o poema”, confidencia.

A inspiração para a produção de Kayky Rishard da Silva Monteiro, 12 anos, estudante do 8º ano, veio de uma amizade de alguns anos com o vice-diretor da escola. “Conheço o professor Eudes desde que ele trabalhava na escola em que eu estudava anteriormente. Sempre gostei de conversar, e ele se tornou um exemplo para mim. Queria que outras pessoas pudessem conhecer um pouco de sua história através do meu texto.”

Para o vice-diretor da escola Fernando Pessoa, Antônio Eudes Santos, ter colaborado com a produção do estudante é motivo de orgulho. “Trabalho na área educacional há 30 anos e sempre procurei fazer um bom trabalho. O Kayky, desde que nos conhecemos, sempre me procurou para conversarmos, e eu o orientei e aconselhei utilizando minhas experiências. Fiquei muito feliz com o resultado do trabalho dele. Trata-se de um texto muito bem elaborado, feito com carinho e muita responsabilidade”, observa o educador.

O resultado da etapa estadual deve sair na próxima semana, pois a comissão julgadora tem 16 dias para fazer a avaliação das produções.

Texto/Fotos: Messania Cardoso

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!