Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pará

Belém: sociedade conhecerá projeto Porto Futuro

Amanhã, quarta-feira (18), o Projeto Belém Porto Futuro, que visa revitalizar a área portuária de Belém, será apresentado em audição pública a entidades do setor portuário e urbanístico da capital. A proposta foi liderada pelo então ministro dos Portos e atual ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.

A empresa responsável pelo projeto conceitual, a Geológica Consultoria Ambiental, acolherá a opinião de diversos segmentos do setor, incluindo os poderes municipal e estadual, para acrescentar ao estudo. Após as audições, a população será convocada para uma audiência pública, com previsão para ocorrer em meados de junho.

A revitalização deve envolver o trecho que vai desde o final da avenida Visconde de Souza Franco até a Companhia Docas do Pará (CDP), bairro do Reduto. O Porto Futuro pretende integrar o Porto com a cidade, tendo como modelo o Porto Maravilha, no Rio de Janeiro, e o portos de Boston, nos Estados Unidos.

Áreas serão polos de investimentos

O projeto Belém Porto Futuro, lançado no dia 14 de abril pela Secretaria de Portos da Presidência da República, pretende transformar áreas portuárias da capital, com baixa ocupação, em polos de desenvolvimento, por meio da recuperação da infraestrutura, da atração de investimentos e da oferta de serviços, como lazer e cultura. O projeto será implantado em etapas. Primeiro, está sendo feito um estudo preliminar, que vai analisar a vocação econômica da área e desenvolver todo o conceito do projeto.

Essa fase deve durar 3 meses e custar R$ 3 milhões, pagos pelo Governo Federal. Serão realizadas consultas públicas para ouvir as sugestões da sociedade e, por fim, será divulgado o estudo básico (projeto conceitual), que dará origem ao Processo de Manifestação Pública de Interesse (PMI). Empresas serão convidadas a apresentar propostas de reurbanização do espaço portuário. A recuperação deverá considerar as vocações ambientais e culturais de Belém para ser aceita, baseadas em estudos ambientais e socioeconômicos.

Comentários ( 4 )

  1. Espero que venha a reboque com o projeto, um pouco de educação,noções básicas de higiene e senso de zelo pelo espaço público aos belenenses.

  2. Enquanto isto estamos esperando melhorias nas nossas estradas no sul do Pará, 9maraba a conceição do araguaia, maraba parauapebas só para inicio de conversa.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!