Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Curionópolis

Ciclo Saúde fortalece atenção básica à saúde em Serra Pelada

Iniciativa promovida pela Vale e Fundação Vale também capacitou equipe de atendimento da unidade de saúde

Os moradores de Serra Pelada, no município de Curionópolis, sudeste paraense, celebram as ações do projeto Ciclo Saúde, uma iniciativa voltada para o fortalecimento da saúde em atenção básica. Como parte das ações, na última semana, foi entregue à comunidade a unidade básica de saúde Santa Casa de Misericórdia, que passou por reparos em sua infraestrutura e ganhou novos equipamentos ambulatoriais. O projeto Ciclo Saúde é uma cooperação técnica promovido pela Vale e Fundação Vale, em parceria com o Centro de Promoção da Saúde (Cedaps) e a Secretaria Municipal da Saúde de Curionópolis.

As melhorias na unidade de saúde contemplaram pintura do imóvel, pequenos reparos, compra de nova caída d’água, entre outros. O local também foi reordenado e os agentes comunitários de saúde ganharam um novo espaço para as suas atividades dentro da Santa Casa. A unidade também foi equipada com aparelhos para medição de pressão arterial (adulto e infantil), balanças antropométricas, entre outros. O mobiliário também foi renovado com mesas clínicas e para atendimento ginecológico, além de ventiladores, armários e computadores. A cozinha também foi mobilada com fogão semi-industrial e um bebedouro.

De acordo com a gerente de saúde da Fundação Vale, Lívia Zandonadi, cerca de 143 itens foram disponibilizados para a unidade de saúde. “Com a entrega desses equipamentos nós encerramos uma etapa de quase 15 meses de projeto aqui em Serra Pelada”. Lívia destaca também outro importante trabalho desenvolvido durante o Ciclo Saúde: o diagnóstico comunitário participativo. “Esse trabalho é inovador e foi totalmente construído e aplicado pela equipe de agentes comunitários. Nós temos dados de 1.114 domicílios. Essas informações devem nos dar uma excelente base para ações preventivas e de promoção da saúde que possam ser realizadas tanto dentro da unidade quanto na comunidade”, conclui.

Kátia Edimundo, diretora do Centro de promoção da Saúde (Cedaps), parceiro da Fundação Vale na realização do Ciclo Saúde, reforça a importância do fortalecimento da atenção básica nas comunidades. “O foco da política brasileira é a atenção básica. De cada 100 casos que chegam na unidade, 85 são resolvidos na própria atenção básica”.

A agente Comunitária de Saúde Francisca Alves Duarte, está entre os 25 profissionais que atuam na unidade de saúde Santa Casa de Misericórdia que recebeu a capacitação durante a realização do Ciclo Saúde. Ela comemora o novo espaço para as ações de saúde na comunidade. “Uma das coisas mais importante pra gente é ter um espaço para realização das nossas reuniões com a comunidade. Nós agora temos espaço, temos projetor e também o material que a Fundação Vale disponibilizou para as ações de educação e promoção da saúde”.

A próxima etapa do projeto Ciclo Saúde vai contemplar a implantação do projeto Jovens Construtores da Comunidades. “Nós vamos continuar com as capacitações, porque a equipe sempre precisa de capacitação. E vamos envolver os jovens na promoção da saúde. Eles serão os jovens construtores promotores da saúde de Serra Pelada. E nós acreditamos que essa próxima etapa deve consolidar o que foi construído ao longo da realização do ciclo saúde nessa comunidade”, conclui Kátia Edimundo.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!