Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Cultura Viva: Conselho Municipal de Políticas Culturais elege nova diretoria

Ivan Oliveira foi eleito presidente do Conselho

No dia 19 de Abril, às 19h, na sede do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Parauapebas (CMPC), localizado no CDC, foi realizada Assembleia para eleição da diretoria executiva do Conselho. Participaram do processo os conselheiros municipais de cultura que foram recentemente empossados por meio de decreto municipal assinado pelo prefeito de Parauapebas, Darci Lermen.

Os conselheiros oriundos da sociedade civil, que foram eleitos na V Conferência Municipal de Cultura, realizada em junho de 2016, finalmente foram nomeados, assim como os conselheiros indicados pelo governo para composição do pleno. O CMPC conta atualmente com 18 conselheiros, entre representantes da sociedade civil e do governo.

As chapas ‘’Cultura Viva” e “Por uma Cultura Universal” concorreram durante às eleições para composição da nova diretoria executiva do CMPC e, pela maioria dos votos, a chapa “Cultura Viva” foi eleita. A diretoria foi ocupada de seguinte forma: Presidente, Ivan Oliveira; Vice-Presidente, Sandra Santos; 1º Secretário, Clodoaldo Souza; 2ª Secretário, Jaerli Campos.

“Estamos num momento de reconstrução das políticas públicas voltadas para cultura de Parauapebas, na verdade, o termo correto seria afirmação de tais políticas, visto que as mesmas já são demandas antigas e precisam ser implementadas, como o Sistema Municipal de Cultura, que irá enquadrar o município no Sistema Nacional de Cultura, possibilitando o acesso a recursos do governo federal, assim como a criação da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, que irá permitir a iniciativa privada investir em projetos culturais via renúncia fiscal, além dos editais de cultura”, reforçou Ivan Oliveira.

“Hoje, mais do que nunca, é necessário entender que a cultura é um fator econômico, que gera renda e qualidade de vida, e que o fomento a economia da cultura possibilita a geração de negócios em vários outros segmentos da economia local. O Conselho de Cultura, juntamente com a Secretaria Municipal de Cultura, deve buscar o diálogo junto ao poder público e ao legislativo para que o Sistema Municipal de Cultura seja implantado no município, e que possamos ser referência em geração de renda através de políticas culturais no estado do Pará. Tá na hora de pensarmos grande,” afirmou o novo presidente do Conselho de Cultura.

Comentários ( 2 )

Deixe uma resposta