Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Política

Deputado Beto Salame viabiliza audiência entre vereadores de Jacundá e Ministro da Saúde

Eles foram reivindicar o funcionamento da UPA do município, cuja estrutura física já está pronta

Em audiência intermediada pelo deputado federal Beto Salame (PP/PA), o ministro da Saúde, Ricardo Barros, recebeu, na manhã desta terça-feira (10), dez vereadores da Câmara Municipal de Jacundá para tratar da situação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) naquele município, que já está com sua estrutura física concluída, mas ainda não está em funcionamento.

A reunião foi solicitada ao deputado pelos vereadores Rafael Garrancho e Daniel dos Estudantes, ambos do Partido Progressista. Participaram também o presidente da Câmara, vereador Lindomar Marinho (PT), além dos vereadores Marta Costa (PT), José Wilson (PRB), Eliane Pinheiro (PR), Railane Santos (PSL), Edson Ferreira (PSL), Thales Borges (PR) e Marisa Alves (PDT). O gabinete do deputado Beto Salame, que se encontrava cumprindo agenda em Marabá, foi representado pelo ex-prefeito João Salame.

O vereador Rafael Garrancho explicou que apesar de ser Categoria 1, a mais básica, a estrutura física construída em Jacundá é muito maior e corresponde a UPA Categoria 3. Que é desejo do município instalar no local um Hospital de Pequeno Porte. O vereador Daniel dos Estudantes solicitou do ministro apoio para colocar a UPA e o Hospital em funcionamento, em parceria com o Governo do Estado e as prefeituras da microrregião.

Para o funcionamento da UPA estima-se gastos da ordem de 500 mil reais por mês. O Ministério da Saúde participa com cerca de 270 mil reais. O restante tem que ser bancado pelo Governo do Estado e prefeitura. Sobre os equipamentos para a UPA, o ministro Ricardo Barros sugeriu a destinação de emendas parlamentares ou parceria com o governo do Estado.

O ministro autorizou que uma parte do prédio seja usado para a UPA e a outra para o Hospital, mas exigiu que o atendimento seja 24 horas, como preconiza o programa. “Desde que esse requisito seja atendido, coma presença de pelo menos dois médicos ao dia, vocês estão autorizados a proceder as mudanças que estão reivindicando”, disse Ricardo Barros.

Na oportunidade ficou acertado que será realizada em Jacundá uma reunião com representantes da Prefeitura, da Secretaria de Saúde do Governo do Estado e técnicos do Ministério da Saúde, para debater qual a melhor equação para o funcionamento da UPA e acerca do pleito do hospital de pequeno porte microrregional.

O vereador Daniel dos Estudantes avaliou como extremamente positiva a reunião e agradeceu ao ministro e ao deputado Beto Salame pela iniciativa. “Saímos daqui esperançosos de darmos um salto de qualidade na saúde de Jacundá e agradecemos o empenho do deputado Beto Salame e do nosso ministro Ricardo Barros”, finalizou. (Com informações da Assessoria Parlamentar)

Deixe uma resposta