Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Vale

Deputado federal diz que Vale vai iluminar ponte rodoferroviária em Marabá

A ponte rodoferroviária sobre o Rio Tocantins interliga o núcleo Nova Marabá ao São Félix e Morada Nova. É por ela, também, que circulam, diariamente, vários comboios de trens da Vale carregados de minério.

O deputado federal Joaquim Passarinho (PSD) se reuniu na última semana com o presidente da mineradora Vale, Murilo Ferreira, para levar uma demanda de Marabá: a iluminação da ponte rodoferroviária sobre o rio Tocantins, na BR-222. Segundo o parlamentar, a Vale se comprometeu, finalmente, em implantar o sistema de iluminação e também a defesa das muretas que separam as pistas rodoviárias da ferrovia, para dar segurança às pessoas, disse Passarinho.

Outro compromisso que saiu da reunião de Joaquim Passarinho com Murilo Ferreira é que a empresa também vai realizar obras para melhorar o acesso à ponte sobre o Rio Tocantins. “Todas essas obras eram reivindicações do povo marabaense e foi trazida a mim pelo vereador Beto Miranda, o prefeito Tião Miranda”, diz Joaquim Passarinho

A ponte rodoferroviária sobre o Rio Tocantins interliga o núcleo Nova Marabá ao São Félix e Morada Nova. É por ela, também, que circulam, diariamente, vários comboios de trens da Vale carregados de minério.

Com 2.310 metros de extensão, a ponte rodoferroviária foi construída no início da década de 1980 e inaugurada em 28 de fevereiro de 1985.
Atualmente, as duas pistas rodoviárias precisam de recuperação do asfalto. Na cabeceira saindo da Nova Marabá em direção ao São Félix, uma cratera atrapalha o fluxo normal de veículos e até já causou vários acidentes. A Vale ainda não resolveu o polêmico vão que separa as pistas para veículos da parte ferroviária, de onde já caíram algumas pessoas e perderam a vida.

A quantidade de buracos presentes nos dois sentidos da ponte está dificultando o tráfego de veículos, pedestres e mercadorias, e quando chega à noite o perigo fica ainda maior, já que o risco de acidentes e assaltos aumenta pela falta de iluminação.

“É mais perigoso, principalmente à noite, devido aos bandidos, ladrões. Ninguém enxerga ninguém, só os faróis dos carros“, relata Carlos Eduardo Silva, mototaxista que faz cerca de seis viagens por dia entre o núcleo urbano da Nova Marabá e o bairro São Félix II.

Apesar da promessa, ainda não há data definida para o início das obras. Espera-se que o anúncio da saída de Murilo Ferreira da presidência da Vale não inviabilize as obras que foram prometidas.

Comentários ( 3 )

  1. Agora que ta chegando as eleições todo mundo quer ser o super heroi. Espero que esse Blog saiba da verdadeira historia de como a Vale aprovou esse projeto em 2014. Temos um projeto desde 2000 na ferrovia em Maraba. Elaborei um projeto conceitual e enviamos pra Vale. Esse projeto.foi apresentado no Conselho Municipal de Meio Ambiente de Maraba em maio de 2014. A Vale não tinha projeto de iluminação pra ponte. Houve varias intervenções das associações de bairro em apoio ao projeto. Só pedimos tambem ao blog que nos dê a chance de falar a verdade sobre esse projeto. A Vale não faz nada só de boca a boca. Foi PRECISO muito esforço e trabalho não é num encontro casual que a Vale decide projeto.

  2. Quando o filho é bonito, todos querem ser o pai. Esse projeto da iluminação já está pronto há dias, e foi uma luta da líder comunitária Jeânia, há dois meses ela tinha comentado comigo sobre o projeto, é incrível como agora aparecem dois políticos dizendo ter indo atrás reivindicar.

  3. A obra já começou a mais de dois meses o jornal deveria se informar melhor, pois passando sobre a ponte já se vê homens fã empreiteira Betompox trabalhando e este projeto já se estende a um bom tempo não tem nada haver com o atual gestão.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!