Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Diretoria do Parauapebas Futebol Clube confirmou a contratação de Flamel para a disputa da Segundinha

O atleta tem chegada prevista para o próximo domingo e vem cheio de expectativa de subir o PFC

Por Fábio Relvas

A diretoria do Parauapebas Futebol Clube (PFC) confirmou a contratação do meio-campo Flamel para a disputa da Segundinha do Parazão. O jogador estava sendo muito pretendido pela cúpula do Gigante de Aço para o setor de criação do time, que vai brigar em uma competição acirrada, tendo 15 times lutando por apenas duas vagas na elite do futebol paraense. O atleta tem chegada prevista para o próximo domingo (01/10).

Arlisson Sousa Cardoso, conhecido como Flamel, tem 33 anos, é natural de Oriximiná (PA), com uma vasta passagem pelo futebol paraense e até de fora do estado. O atleta passou por clubes como: Tuna Luso (PA), Icasa (CE), Paysandu (PA), Treze (PB), Ananindeua (PA), Águia de Marabá (PA),Olaria (RJ), Santa Helena (GO), São Raimundo (PA), Castanhal (PA), Confiança (SE), Parauapebas (PA), Santa Cruz de Cuiarana (PA), Ferroviário (CE), Itabaiana (SE), Princesa do Solimões (AM), Cametá (PA) e Clube do Remo (PA).

O atleta deverá ficar no PFC somente na campanha da Segundinha do Parazão, subindo ou não o time, Flamel vai retornar ao Clube do Remo que ainda tem interesse no jogador para a temporada 2018 e foi somente emprestado. Foi um acordo entre as diretorias do Leão Azul e do Gigante de Aço.

“A expectativa é a melhor possível de poder fazer um trabalho bom e poder devolver o Parauapebas para a elite do Parazão. Sabemos que vai ser difícil, talvez seja o Campeonato que tenha mais clubes, a segunda divisão, são 15 equipes para duas vagas. O desafio é grande, mas a equipe que tá sendo montada é competitiva e esperamos ajudar da melhor maneira possível”, afirmou Flamel.

Será a segunda passagem do meio-campista pelo PFC. Na primeira, também atuando pela Segundinha, teve um bom desempenho individual, mas não conseguiu subir o time, que naquela época era formado por jogadores conhecidos da torcida parauapebense.

“Já tive ai em 2011, naquela ocasião não conseguimos o objetivo que era colocar na elite, mas fizemos um bom trabalho individual e até por isso estamos retornando, então a gente acredita muito nesse trabalho juntamente com o pessoal que já está ai e pode esperar ao máximo de mim para que realmente a gente possa conseguir esse objetivo que é chegar a elite e devolver o Pebas da onde não deveria ter saído que é a elite do Parazão. No próximo domingo já estarei por ai para começar esse trabalho e realmente ficar focado nesta competição”, finalizou.

Antes do início da Segundinha do Parazão, o PFC vai realizar dois jogos amistosos. O primeiro deles domingo contra a Seleção de Canaã dos Carajás fora de casa. Já no sábado (07/10), o adversário será o Gavião Kyikatejê no estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, em Parauapebas.

Deixe uma resposta