Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Eleições 2016: chegou a hora de mostrar propostas !

Na próxima segunda-feira (15) será encerrado o prazo de registro de candidaturas para as eleições municipais que ocorrem em 02 de outubro em todo o Brasil. No dia seguinte, 16, começa a a campanha eleitoral.

Em Parauapebas as campanhas eleitorais já foram antecipadas. E, infelizmente, o nível pelo menos nesse início foi o mais baixo possível. Panfletos apócrifos, vídeos caluniosos de origens também desconhecidas, memes ofensivos nas redes sociais que tentam denegrir a imagem de candidatos, me parece, serão a tônica das campanhas eleitorais no município.

Antes de mais nada acho isso um desrespeito. E não só um desrespeito à justiça eleitoral, mas, principalmente, ao eleitor. Porquê, crer que o eleitor irá levar esse material em consideração na hora de votar é ser ingênuo demais, já que, nos tempos atuais, o eleitor tem várias maneiras de se informar sobre o candidato em que deseja votar. Infelizmente não teremos o horário eleitoral gratuito na TV aqui em Parauapebas, o que eu penso ser um grande equívoco da justiça eleitoral municipal, pois seria uma forma civilizada do eleitor conhecer os candidatos do município com maior índice de migração do Estado.

Em tempos de marketing político em alta e em que o profissionalismo assumiu o lugar dos amadores, resta torcer para que as campanhas locais busquem dialogar com a população, mostrando propostas, apresentando o estilo do candidato e fazendo uma forma de comunicação diferente do que até agora se apresentou.

Em Parauapebas, segundo as pesquisas até agora divulgadas, teremos a eleição polarizada em 3 candidatos: o atual prefeito (Valmir Mariano-PSD), o ex-prefeito (Darci Lermen-PMDB), e o sindicalista Marcelo Catalão-DEM. Cada qual com estilo diferente de fazer política. O ex-petista Darci Lermen, populista e com anos de estrada, tem como tema principal de sua campanha o pedido de oportunidade. Já Valmir Mariano, que de empresário bem sucedido acordou prefeito em 2012, tem como tema principal as realizações que transformaram a cidade em pouco menos de 4 anos. Marcelo Catalão, depois de uma estrondosa votação em 2014, quando concorreu à uma vaga no Congresso Nacional, terá como tema principal o novo, o não aos que já tiveram a oportunidade de fazer.

Espero, sinceramente, que a justiça eleitoral consiga coibir essas campanhas difamatórias e que nossos marqueteiros busquem mostrar o melhor de seus candidatos em detrimento à política suja de denegrir a imagem dos outros candidatos. Quem sabe assim, em 02 de outubro, poderemos nos orgulhar de ter eleito o melhor candidato.

Comentários ( 3 )

  1. Valeu Zé Dudu!
    O que você disse se constata nos veículos de comunicação, um certo programa de televisão o apresentador, se é que se pode chamar assim, quase teve um “catiripapo”, o moço comentando uma reportagem sobre umas carteiras escolares usadas que estão sendo reformadas segundo os esclarecimentos da Secretária Municipal de Educação, rasgou o papel onde se esclarecia e se provava que a reportagem tendenciosa afirmava que as carteiras eram novas e foram substituídas porque era da cor vermelha… O cara-de-pau teve a coragem de chamar de mentirosa a “Nota” da Secretária, que o repórter, outro despreparado, não mencionou que o local chamado de “marcenaria” onde estão empilhadas as carteiras, foi na verdade, invadido por “sem terras” e foram queimadas mais de duzentas carteiras, pois na área foi ateado fogo pelos invasores, só não causando mais prejuízo ao erário público, porque os bombeiros chegaram e apagaram o fogo…
    E o apresentador insistia em dizer que tudo não passava de mentira da “nota”…
    É isso Zé, o ignóbil apresentador teve um “treco”… imagina quando for definida a vitória do Velhote, o cara vai pirar…

  2. Eu gostaria muito de um esclarecimento do Juiz eleitoral que mais uma vez proíbe os programas gratuitos de rádio e TV, essa determinação claramente impede que grande parte da população conheça os candidatos e suas propostas, é o tipo de decisão que prejudica grandemente o processo eleitoral.Lamentável

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!