Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Seca

Em Marabá, nível do Rio Tocantins baixa assustadoramente e Cosanpa inicia esquema de racionamento no abastecimento de água

Durante o dia o Núcleo Nova Marabá terá água durante 12 horas seguidas; à noite é suspenso e só haverá água nas torneiras do Núcleo Cidade Nova

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) informa que haverá racionamento de água nos núcleos Nova Marabá e Cidade Nova, no município de Marabá, sudeste do estado. A Companhia esclarece que a medida é necessária devido ao baixo nível do Rio Tocantins, de onde é feita a captação de água bruta para a Estação de Tratamento de Água da Nova Marabá, que distribui para os dois núcleos. Manhã desta quarta-feira, 30, conforme Boletim Informativo de Vazões da Eletronorte, o rio amanheceu hoje com apenas 2,66 metros acima do nível normal. O racionamento  começa no início da noite desta quarta-feira, 30, quando a distribuição de água para o núcleo Nova Marabá será fechada e apenas a Cidade Nova terá o abastecimento disponível durante toda a noite, até o início da manhã de quinta-feira, 31, quando será feito o movimento inverso para que Nova Marabá comece a receber água, e assim seguirá por 12 horas para cada núcleo.

A Cosanpa ainda não sabe precisar por quanto tempo será necessário manter essa medida.

Segundo Ângela Raiol, coordenadora Técnica da Cosanpa em Marabá, “é indispensável que o núcleo Nova Marabá tenha água durante o dia, pois é onde ficam dois grande hospitais da cidade”. O presidente em exercício da Cosanpa, Antônio Crisóstomo, pede a compreensão da população de Marabá e esclarece que é a primeira vez que a companhia necessita adotar uma medida extrema desse tipo no município. “O índice pluviométrico foi muito baixo esse ano e nós perdemos 40% da vazão na ETA Marabá, por isso será necessário desligar uma das bombas para não danificar o sistema e isso implicará nesse racionamento de água”.

Segundo José Raimundo Souza, coordenador do 2º Distrito de Meteorologia no Pará, a estiagem já estava prevista para esta época, mas houve um fator surpresa. “Este ano houve uma antecipação desse fenômeno natural e o nível do rio Tocantins baixou 30 dias antes do período esperado”. Ainda segundo José Raimundo, a previsão é que o nível do rio Tocantins só comece a normalizar no mês de outubro, quando a estiagem deve ser amenizada com a volta das chuvas na região. (Por Andrea Cunha/ Agência Pará)

Seja o primeiro a escrever um comentário

  1. A maior piada de todos os tempos. A COSANPA junto com o governo do estado não estão tendo competência pra abastecer Marabá com água, não tem uma bomba que prestando, mas agora pra se justificar jogou a culpa no RIO TOCANTINS.
    JATENE GOVERNO INCOMPETENTE

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!