Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Política

Famep realiza reunião de Conselho Político em Brasília

A reforma da Previdência é o o principal item de preocupação dos prefeitos do Estado do Pará

Os dirigentes da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep), juntamente com os presidentes das Associações e Consórcios Regionais estiveram reunidos na tarde desta terça-feira, 7 de março, na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em Brasília. O encontro – que ocorreu após a reunião do Conselho Político Ampliado, realizado pela Confederação – teve por objetivo discutir pautas de interesse dos Municípios do Estado, além de debater estratégias para a XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

De acordo com o presidente da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep), Xarão Leão, o principal item de preocupação dos prefeitos do Estado é a previdência. “A nossa pauta é comum ao restante do Brasil. As dificuldades são as mesmas, mas a Previdência é algo que nos traz muita preocupação”, disse. Ele ressaltou que a Famep vai realizar, no dia 15 de março, Marcha com todos os prefeitos do Estado para debater a pauta.

Xarão destacou, ainda, a importância de os gestores se mobilizarem. “Devemos conscientizar os prefeitos sobre a importância do movimento municipalista. Os exemplos citados pelo presidente Paulo Ziulkoski sobre as conquistas do movimento, como o aumento do FPM [Fundo de Participação dos Municípios] e a repatriação, encorajam os novos prefeitos a seguirem essa carreira tão difícil. E isso pé muito importante”, disse o presidente.

Estiveram presentes o presidente da Famep, Xarão Leão; presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sócio-Econômico Intermunicipal (Codesei) e prefeito de Abaetetuba, Alcides Negrão (Chita); presidente da Associação de Municípios do Araguaia, Tocantins e Carajás (Amat-Carajás) e prefeito de São Domingos do Araguaia, Pedro Paraná; presidente da Associação de Municípios das Rodovias da Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará (Amut) e prefeito de Santarém, Nelio Aguiar; presidente da Associação de Municípios do Arquipélago do Marajó (Amam) e prefeito de Muaná, Sérgio Murilo; presidente da Associação de Municípios da Calha Norte (Amucam) e prefeito de Oriximiná, Antônio Odinelio; presidente  Consórcio de Municípios Alagados pelo Rio Tocantins (Compart)  e prefeito de Tucuruí, Jones Wiliam.

Demandas

Na quarta-feira (8), a comitiva paraense reuniu ainda com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e a bancada federal, onde solicitaram apoio para solucionar demandas das regiões, como o rebaixamento do linhão de energia na Calha Norte; pavimentação da BR 163 e Transamazônica; parcelamento do INSS; retomada do Projeto Calha Norte; financiamento para viabilização de recursos resíduos sólido; execução do Plano do Marajó; construção da ponte no Rio Araguaia, que vai ligar São Geraldo do Araguaia (PA) e Xambioá (TO); derrocamento do Pedral do Lourenço; Construção da Hidrelétrica de Marabá; pavimentação da BR 422; compensações ambientais para os municípios as jusante (Eletronorte); Criação de Matadouros, entre outros.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!