Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Incêndio

Fogo consome duas lojas em Marabá. Prejuízos vão além dos R$ 4 milhões

Incêndio destrói uma das filiais da Eletro Mateus e da Leolar Maxxim. Causas ainda são desconhecidas.

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Mais de quatro milhões de reais. De acordo com Ilton Mateus, um dos diretores do Grupo Mateus, é esse o valor do prejuízo após o incêndio ocorrido na madrugada desta terça-feira (10), atingindo uma das quatro lojas Eletro Mateus em Marabá. O fogo também consumiu uma das filiais da Leolar Maxxim. As duas lojas praticamente faziam parte do mesmo prédio, localizado na Folha 31, Praça Osório Pinheiro, em frente à prefeitura.

O incêndio irrompeu por volta da meia-noite e meia, os Bombeiros foram chamados 10 minutos depois e chegaram em seis minutos, segundo o subcomandante do 5º Grupamento Bombeiro Militar, capitão Paulo César Vaz Júnior: “Já não havia muita coisa a fazer, senão evitar que o fogo se propagasse para o depósito e apagar as chamas”, contou ele.

“Havia muito material inflamável nos dois prédios, que eram lojas de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. O fogo estava muito alto, as chamas praticamente já haviam queimado tudo”, lamentou o oficial Bombeiro, informando que 16 homens, entre soldados e oficiais, fizeram parte da operação. Ainda de acordo com ele, o tenente João Luiz está fazendo a perícia cujo resultado deve ser divulgado em 30 dias e vai determinar as causas do incêndio.

O gerente da loja, Clemilson Reis, visivelmente desolado, disse ao blog nesta manhã que a filial tinha apenas cinco meses e alguns dias de funcionamento e que o prédio não era segurado contra incêndio. Afirmou que, na parte em que foi instalada a Eletro Mateus, foi feita uma reforma total, antes da inauguração e disse que “a loja recebeu nova instalação elétrica”.

“Um prejuízo incalculável”, lamentou, informando que até um automóvel zero quilômetro, que seria sorteado entre os clientes no Dia das Mães, virou cinza. Segundo ele, os funcionários foram remanejados para as outras três filiais.

Procurada pela Imprensa local, a direção da Leolar Maxxim, num primeiro momento, preferiu não se pronunciar sobre o assunto, mas, ao final da tarde de hoje, emitiu nota agradecendo o apoio dos colaboradores e clientes: “Aceitar um momento difícil é um começo para superá-lo e sermos ainda melhores e mais fortes”, finaliza o comunicado, sem, no entanto, fazer referência às perdas ou às circunstâncias do incêndio.

Entretanto, o blog levantou, com fonte ligada à empresa, que o estabelecimento estava abastecido para as promoções visando às vendas direcionadas ao Dias das Mães. A mesma fonte informou que uma auditoria está sendo realizada para levantar o valor total dos prejuízos.

Deixe uma resposta