Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
polícia

Foragido do Tocantins é capturado em Parauapebas

José Jackson é acusado de ter cometido homicídio qualificado em Porto Nacional

Já se encontra recolhido em uma das celas da ala carcerária da Susipe, no bairro Rio Verde, o serralheiro José Jakson Sousa, 42 anos, natural de Imperatriz (MA). Ele foi preso na quarta-feira (7) pelo investigador de Polícia Civil Mário Almeida, o “Baiano”, em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo juiz Márcio Barcelos Costa, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Porto Nacional (TO). Ele é acusado de homicídio qualificado e foi capturado após informações repassadas pela Polinter do Tocantins para a delegada Yanna Azevedo, diretora da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

O comunicado dava conta de que Jakson estaria escondido em Parauapebas. O investigador Baiano recebeu a missão de localizá-lo, mas o procurado não mais morava no endereço indicado. Porém, o policial fez vários levantamentos e descobriu que o homem estava hospedado em um hotel nas proximidades da rodoviária da cidade.

Baiano, então, se dirigiu ao local e, por volta das 14h30, deu voz de prisão ao foragido, que não esboçou reação. Depois de passar por audiência de custódia e exame de corpo de delito, na quinta-feira (8), Jakson Sousa foi encaminhado para cadeia, onde aguarda ser recambiado para a jurisdição onde é acusado de cometer o crime.

A Reportagem tentou falar com José Jackson, no momento em que era transferido da delegacia para o presídio, mas ele preferiu o silêncio.

(Caetano Silva)

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!