Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Mais um? Militar que estava em treinamento do Exército nesta segunda é transferido para UTI em Belém

O 2º sargento Sidney Ribeiro da Costa participava do mesmo estágio no qual estava o 3º sargento Daniel Poczwardowski que morreu após passar mal. Mais três militares seguem internados em Marabá

O 2º sargento Sidney Ribeiro Costa foi transferido para a UTI do Hospital Geral de Belém, do Exército Brasileiro, na madrugada desta terça-feira (16), conforme confirmado pelas assessorias de comunicação da 23ª Brigada de Infantaria de Selva e do Hospital Regional do Sudeste do Pará, em Marabá, para onde foi encaminhado após ser atendido na segunda-feira (15).

Ele passou mal enquanto participava do Estágio de Caçador Militar, o mesmo em que estava o 3º sargento do Exército Brasileiro, Daniel Dedablio Poczwardowski, de 29 anos, que acabou morto após não se sentir bem na segunda.

Outros três militares que também passaram mal enquanto participavam do treinamento seguem internados no Hospital de Guarnição de Marabá (HGuMba), para onde todos foram removidos inicialmente. São eles: 3º Sargento Paulo de Freitas; 3º Sargento Rafael Camargo Ochi; e 3º Sargento Octávio Duarte Rocha.

Apesar de ter sido transferido para Belém, a 23ª Brigada de Infantaria de Selva garante que o estado do sargento Sidney Ribeiro Costa é estável, apresentando pressão de 12 por 8 e urina considerada de cor normal. Em relação aos demais pacientes, o EB informou que também apresentam estabilidade no quadro.

As causas das internações ainda não foram divulgadas, mas há relatos de militares – que preferem não se identificar – afirmando que ocorria uma atividade de rastejo quando alguns deles se sentiram mal, por volta de meio-dia. O sargento Daniel Poczwardowski morreu no início da tarde. Marabá tem registrado altas temperaturas nas últimas semanas, com sensação térmica ultrapassando facilmente os 35 graus.

O Instituto Médico Legal (IML) de Marabá, que necropsiou o corpo do sargento morto, apontou como indeterminada a causa da morte, informando que foi colhido material que será encaminhado para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves em Belém, onde será realizado o exame complementar histopatológico para a conclusão do laudo.

O corpo foi trasladado na manhã de hoje, terça-feira (16), para o Rio Grande do Sul, onde o militar nasceu e será sepultado. De acordo com a nota emitida pela Brigada na noite de segunda, a atividade era coordenada pelo 52º BIS (Batalhão de Infantaria de Selva) e será instaurado inquérito policial militar para apurar as circunstâncias do incidente. A assessoria de comunicação informou, ainda, que o Comando da 23ª Brigada de Infantaria de Selva está proporcionando todo o apoio necessário à família do 3º sargento Poczwardowski.

Seja o primeiro a escrever um comentário

  1. Não sei porque uma pessoa ainda pensa em servir exército pra trabalhar pra político vagabundo ladrão …Vão trabalhar e deixem o exército de lado.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!