Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
jacundá

Ônibus colide de frente em caminhão madeireiro na PA-150

Mesmo após a batida, o caminhão não parou para prestar socorro, desaparecendo na escuridão
Continua depois da publicidade

O motorista Laurival Oliveira Costa dirigia um ônibus de aluguel placa OCT 5008, de Belém, pela rodovia PA-150 com destino a Jacundá quando se deparou com um caminhão madeireiro. A colisão foi inevitável. A parte frontal do veículo ficou totalmente destruída. Felizmente, não houve vítimas fatais, motorista e passageiros saíram ilesos.

Segundo o cabo PM Luís, a guarnição da Polícia Militar Rodoviária foi acionada por volta de 5h desta segunda-feira, 9, pelo motorista do veículo. “Quando chegamos ao local constamos a gravidade do acidente, mas ficamos felizes porque a única vítima era o ônibus que ficou com a frente totalmente danificada”.

Em Boletim de Ocorrência, o motorista Laurival detalhou que dirigia pela rodovia estadual e próximo da cidade de Jacundá, cerca de 15 quilômetros, logo após o Rio Mojuzinho, não percebera que um caminhão madeireiro carregado com toras trafegava em baixa velocidade e sem qualquer sinalização. “Impossível perceber a presença daquele caminhão, pois todas as lanternas estavam apagadas”.

O motorista ressalta que o ônibus ficou preso em uma tora de madeira que ultrapassava a carroceria e que mesmo assim o condutor do caminhão não parou. “Quando o ônibus se desprendeu da tora, o motorista continuou dirigindo até desaparecer na escuridão”.

Veja também:  Caminhão gaiola carregado de gado tomba dentro de córrego na PA-158

O policial militar disse à reportagem que veículos madeireiros nessas situações são comuns pela rodovia. “Constantemente flagramos caminhões em situação irregular, o que pode causar acidentes. Eles são multados, mas continuam rodando de forma irregular”.

Deixe uma resposta