Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Drogas

Operação Caldeirão: Polícia Civil apreende 75 kg de haxixe em Marabá e Parauapebas

Adolescentes viraram “mulas” e transportavam a droga que vinha do Goiás para Marabá e Parauapebas

Batizada de “Caldeirão”, uma operação bem sucedida, comandada pelo delegado Marcelo Delgado, superintendente da Polícia Civil do Sudeste, com sede em Marabá, apreendeu 75 quilos de haxixe neste sábado, dia 14, e tirou de circulação três pessoas que trabalhavam no ramo proibido por lei.

A operação iniciou por volta de 5 horas da manhã quando os policiais se deslocaram para a divisa dos Estados do Pará com o Tocantins a espera das mulas, e contou com apoio da Denarc (Divisão Estadual de Narcótico) e os delegados Marcelo Delgado (superintendente da Polícia Civil em Marabá), Antônio Miranda (Superintendência do Araguaia), Márcio Maia (diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas) e Washington, além de vários investigadores.

Segundo o delegado Miranda, trata-se de tráfico interestadual de drogas, pois o haxixe vinha de Goiânia-GO para ser distribuído entre Marabá e Parauapebas. Na primeira cidade foram apreendidos 50 quilos e na segunda 25 quilos da droga.

A primeira a “cair” foi uma adolescente de 17 anos, na Rodoviária da folha 32, em Marabá, com 50 quilos de haxixe. Ela transportava uma mala preta contendo tabletes prensados.

Um homem e outra adolescente foram presos em Parauapebas. O trio, ainda de acordo com o delegado Miranda, foi autuado em flagrante delito por associação criminosa à prática de tráfico de drogas.

O haxixe é uma substância extraída das folhas da Cannabis sativa, uma planta herbácea da família das Canabiáceas – a mesma planta usada para produzir maconha. Porém enquanto a maconha tem 4% de THC (tetrahidrocannabinol), o haxixe concentra até 14%.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!