Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pesquisa

Pesquisa demonstra que a população considera a Defensoria Pública o órgão mais importante do país

Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional do Ministério Público que entrevistou mais de 5 mil pessoas acima dos 16 anos entre os dias 09 de março e 29 de maio deste ano. Ao todo, 170 municípios, incluindo todas as capitais do país, participaram da pesquisa.

No total, 12 instituições foram avaliadas, sendo elas: Defensoria Pública, Ministério Público, Polícia, Forças Armadas, Poder Judiciário, Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Nacional de Justiça, Prefeitura, Conselho Nacional do Ministério Público, Assembleia Legislativa, Congresso Nacional, Partidos Políticos.

De acordo com o relatório, a Defensoria Pública é 5ª instituição mais conhecida entre os diferentes orgãos do Brasil, com 68%,2 de citações do público. No quesito importância, a população considera a Defensoria Pública a mais importante instituição do país, com 92,4%. Quanto a confiabilidade, a Defensoria Pública é a segunda instituição de maior credibilidade, a qual apresenta 74,1% de aprovação. Para encerrar, 55,4% dos entrevistados de todo o Brasil avaliaram a Defensoria Pública como sendo “ótima” e “boa”.

Em todos os quesitos avaliados, a Defensoria Pública apresentou um aumento do indicador, em relação à pesquisa de 2014. A Região Norte foi a que mais destacou ter conhecimento do trabalho da instituição. De acordo com o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Pará, Fabio Namekata, a população paraense ainda não conta com defensores públicos em todas as comarcas. “É com enorme satisfação que recebemos o resultado dessa pesquisa. Isso se dá ao trabalho diário de cada Defensor Público que atende a população mais carente do estado com todo o carinho e respeito que merece. Nós, Defensores Públicos do Estado do Pará, amamos o que fazemos. E isso faz a diferença. Agora, boa parte do nosso Estado ainda não conta com a presença de um Defensor Público, que é o que manda a Constituição Federal. Só quem perde com tudo isso é a população pobre que não tem à disposição um Defensor Público para assistência jurídica integral e gratuita do estado, que só pode ser resolvido com a adequação orçamentária do Estado do Pará”.

Ainda assim, 96% das pessoas entrevistadas na Região Norte considera o trabalho da Defensoria Pública como sendo o mais importante da sociedade. Aliás, os nortistas foram os que mais destacaram a importância da instituição, visto que a região apresenta inúmeras demandas que afligem a população.

Quando perguntados sobre o nível de confiança das instituições avaliadas, a Defensoria Pública esteve atrás, apenas, das Forças Armadas. Mais uma vez, dos cinco estados que participaram da pesquisa, a Região Norte foi a que mais destacou o papel do Defensor Público, ou seja, 80% dos entrevistados responderam confiar no trabalho oferecido pela categoria.

A Defensoria Pública continua trabalhando para o fortalecimento da categoria, principalmente para que até 2022, todas as cidades do Brasil tenham pelo menos um Defensor Público para atender a população, é o que estabelece a Emenda Constitucional n° 80, de 2014.

De acordo com o IV Diagnóstico da Defensoria Pública no Brasil, desde 2009, a Defensoria Pública cresceu 176%. São 5.528 defensores que atenderam mais de 10 milhões de pessoas em todo o país. Um média de 1.869 atendimentos por Defensor Público.

O resultado dessa pesquisa somente demonstra o trabalho dos Defensores Públicos do nosso Estado que trabalham incessantemente pela busca do direito da população mais vulnerável. #DefensoriaSIM.

Confira o relatório completo abaixo:

Fonte: adpep.org.br

Deixe uma resposta