Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

PM terá reforço de 180 policiais para atuar na Operação Verão 2018 na região

Aplicativos difundidos pela Segup para interação com cidadãos não terão quase utilidade em Marabá e região
Continua depois da publicidade

Na manhã desta quinta-feira, órgãos de segurança do Estado – Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros – reuniram a Imprensa para anunciar ações que serão desencadeadas em Marabá e região a partir desta sexta-feira, dia 29 na Operação Verão 2018. A entrevista ocorreu na sede do Comando de Policiamento Regional 2 (CPR2) e dela participaram, ainda, representantes da Secretaria Municipal de Segurança Institucional, por meio da Guarda Municipal e DMTU.

Pela PM, o coronel Franklin Roosevelt, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, informou que a Operação Verão 2018 na região receberá o reforço de 133 alunos do curso de soldado, que está acontecendo em Marabá, além de 60 policiais que serão deslocados de Belém para ajudar nas ações que serão realizadas nas cidades que têm praias na região, como Marabá, Itupiranga, São Geraldo do Araguaia, entre outros.

Além disso, os militares farão bloqueios nas vias de acesso aos municípios, para não deixar entrar armas e drogas. “Com esse planejamento vamos garantir a ordem pública durante o veraneio deste ano. A população precisa se sentir tranquila, assim como os turistas que chegarem aos balneários”, disse o comandante.

Ele pediu prudência para quem vai aos balneários e revelou que haverá um posto de comando nas praias, onde estarão presentes todos os órgãos de segurança pública para atender os chamados. Um helicóptero e uma lancha estão à disposição da PM para atuarem de forma mais incisiva.

Coronel Roosevelt disse que os cidadãos podem fazer reclamações pelo Disque Denúncia local, tanto por ligações quanto por mensagens de Whatsapp. Questionado sobre o grau de utilidade que os dois aplicativos desenvolvidos especialmente para o mês de julho: o Praia Segura e o Emergência, que a Secretaria de Segurança do Estado está difundindo como novas ferramentas, o coronel preferiu dizer apenas que os meios já disponíveis para comunicação com a sociedade, aqui na região, são eficazes e vão ajudar a informar possíveis problemas de segurança.

Major Portilho, comandante do 5º Grupamento de Bombeiros Militar, informou que sua tropa está preparada para a Operação Verão, atuando nos municípios de Marabá (praias de Tucunaré e Geladinho), Itupiranga (Macaco); São Geraldo (Gaivota); e em Palestina (Praia do Porto). “Vamos utilizar 31 bombeiros guarda-vidas, de forma ininterrupta, e aos finais de semana iremos prover um reforço com mais 10 bombeiros para a Praia do Tucunaré, o maior balneário da região”, antecipou.

Veja também:  Ônibus universitário sofre ataque e passageiros de van são assaltados

A delegada Simone Felinto, superintendente de Polícia Civil, disse que a PC vai participar da Operação Verão com todas as unidades policiais dos 16 municípios que estão sob sua coordenação, com equipes de plantão, inclusive com delegados de polícia em cada uma das cidades. “Em Marabá, teremos força integrada com ações dos órgãos do Estado, enquanto os do município estão concluindo seu planejamento”, informou a delegada.

Ainda pela Polícia Civil, foi enviada uma equipe para atuar exclusivamente em Marabá durante a Operação Verão, que vai atuar de forma específica para lavrar os procedimentos que chegarem durante os finais de semana, feriados e à noite, quando as demais delegacias estarão fechadas. Paralelamente, o DPA (Departamento de Polícia Administrativa) vai atuar com fiscalização de bares, hotéis, motéis e congêneres.

O secretário de Segurança Institucional, Jair Barata, informou que o efetivo de sua guarnição envolve cerca de 500 pessoas, entre agentes do DMTU, Guarda Municipal e agentes patrimoniais. A Prefeitura, segundo ele, está adquirindo dois quadriciclos e bafômetros para atuar durante o veraneio deste ano. “Entrei em contato com a Marinha, que vai destacar uma equipe para trabalhar com fiscalização na Praia do Tucunaré”, revelou.

As ações de todos os órgãos iniciam nesta sexta-feira, dia 29, e terminam no dia 31 de julho. Elas serão realizadas de forma integrada com o efetivo especial para a temporada das polícias Civil e Militar, Departamento de Trânsito do Estado, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, grupamentos Aéreo e Fluvial (Graesp e Geflu) e Centro de Perícias Renato Chaves. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai atuar no apoio intensivo na fiscalização das estradas. Guarda Municipal, Secom e Semob também estarão em parceria com o sistema de segurança pública.

Ulisses Pompeu – de Marabá

Deixe uma resposta