Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Programa Municípios Verdes leva Educação Ambiental, sob forma de arte, às comunidades rurais

Esta semana, com apoio da ONG Rádio Margarida, o PMV foi apresentado em várias localidades de Marabá

Por Eleutério Gomes – De Marabá

No período de 27 a 29 últimos, o Programa Municípios Verdes (PMV) esteve em Marabá, onde realizou Caravana, com apoio da ONG Radio Margarida, levando atividades culturais a escolas de comunidades rurais. O foco do trabalho é a socialização de informações sobre o PMV, Cadastro Ambiental Rural (CAR) e combate ao desmatamento.

Utilizando como instrumentos teatro, cinema, música, vídeo e material informativo, uma equipe do Centro Artístico Cultural Belém Amazônia – Rádio Margarida desenvolve de forma lúdica o processo de formação das famílias de agricultores. A ação é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e conta com apoio financeiro do Fundo Amazônia, cujo objetivo maior é assegurar que as atividades humanas se ajustem à legislação ambiental do Pará, na tentativa de reduzir das taxas anuais de desmatamento no território paraense.

O engenheiro agrônomo Cristiano Rocha, da Semas, explica o que significa e qual a importância do CAR: “É o registro eletrônico [obrigatório] das informações ambientais dos imóveis rurais. O objetivo é promover a integração desses dados, visando ao planejamento ambiental, monitoramento, combate ao desmatamento e regularização ambiental”, detalhou ele

As principais vantagens ou benefícios do CAR são, ainda segundo Cristiano: possibilita acesso ao Programa Regularização Ambiental (PRA), facilita a comercialização de cotas de Reserva Ambiental (CRA) e acesso ao crédito rural e é um potencial instrumento para planejamento do imóvel rural. Vale ressaltar que uma das entidades públicas credenciadas para a emissão do CAR é a Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado Pará).

A caravana iniciou as atividades na segunda-feira (27) pela Escola Família Agrícola Professor “Jean Hébette” (EFA), na Zona Rural de Marabá, localizada no Km 23, da Rodovia Transamazônica, a qual atende hoje a 120 estudantes e tem por objetivo geral proporcionar uma Educação Integral para jovens agricultores, de forma participativa e integrada com as famílias e as comunidades, fundamentada na Pedagogia da Alternância e nos princípios da Educação do Campo.

Na EFA a Caravana foi recepcionada pela equipe formada pelos monitores Ildemar Silva, Vanalda Araújo, Emery Castro, Cleia Silva e Damião Santos. Além do presidente da Associação, Antonio Mineiro, com apoio das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Educação de Marabá e do vice-prefeito Antônio Carlos Cunha Sá.

Secretário visita a EFA

Tendo como principal mantenedora a Prefeitura Municipal de Marabá é a principal mantenedora, que assumiu os custos com pessoal, aluguel da área, transporte escolar, material de limpeza e didático, alimentação escolar, manutenção dos prédios e equipamentos, a EFA recebeu esta semana a visita de secretário municipal de Educação, Luciano Dias, que, acompanhado de assessores, foi conhecer o funcionamento do Projeto Educativo por Alternância e reafirmar o apoio institucional da PMM.

O coordenador da EFA, Ildemar Silva avaliou a visita do secretário como um reconhecimento do trabalho de equipe que vem sendo desenvolvido há três anos e que chegou para reforçar o time e dar continuidade ao fortalecimento da Escola Agrícola.

Deixe uma resposta