Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Educação

Projeto Tutoria inicia capacitação de menores aprendizes em Parauapebas

Este projeto-piloto é uma iniciativa do Ministério Público do Pará e conta com a parceria da Vale, que está contratando os alunos selecionados como menores aprendizes. O ProjetoTutoria conta também com a parceria das secretarias estadual e municipal de Educação e do Senai

A primeira turma de menores aprendizes selecionados para o Projeto Tutoria do Ensino Médio e Qualificação Profissional iniciou suas atividades. Os 20 alunos que atuarão como tutores de estudantes da rede municipal de ensino, nas disciplinas de matemática e português, participaram da aula inaugural do curso de aprendizagem de assistente administrativo, realizada na última semana no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Parauapebas.

Este projeto-piloto é uma iniciativa do Ministério Público do Pará e conta com a parceria da Vale, que está contratando os alunos selecionados como menores aprendizes. O ProjetoTutoria conta também com a parceria das secretarias estadual e municipal de Educação e do Senai, onde serão desenvolvidas as atividades de qualificação em práticas administrativas empresariais e formação em tutoria.  “Até o mês de setembro, eles receberão qualificação aqui conosco. Nós preparamos uma grade para capacitá-los como assistente administrativo. Porém vamos investir na capacitação em português e matemática, que é o foco da tutoria”, destacou o diretor de Senai de Parauapebas, Carlos Felipe.

A prática da tutoria, por sua vez, ocorrerá em escolas mapeadas pela equipe da Secretaria Municipal de Educação, com acompanhamento pedagógico. A partir de maio, os menores devem iniciar as atividades de tutoria nas escolas municipais Paulo Fonteles de Lima, no bairro Rio Verde, e Chico Mendes, na Cidade Nova.

                      Pais assinam contratos juntamente com filhos menores de 18 anos

Filhos entusiasmados e pais orgulhosos

Wanderlei Silva, pai de Naielly de Sousa Silva, de 16 anos, fez questão de acompanhar a filha e disse estar realizado com a conquista dela. “É uma oportunidade que muitos não têm, mas acho que ela irá aproveitar e crescer muito”, comentou ao elogiar a parceria do Ministério Público com a Vale e secretarias de Educação. A aluna Nicolle de Sousa Morais estava animada com a oportunidade. “Espero crescimento e muito aprendizados. E que a gente possa se doar, de verdade, e se abrir para aprender o máximo que a gente puder”.

Deixe uma resposta