Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Cotidiano

Rapidinhas

As últimas do cotidiano da região - 05/01

Banco do Brasil
O prefeito de Marabá, Sebastião Miranda, o vice Toni Cunha se reuniram hoje (05) com o superintendente estadual do Banco do Brasil, Edivaldo Sebastião de Souza, com o superintendente regional César Augusto Miranda , com a gerente de relacionamento com o setor público, Sandra Cardona El Hajjar e analistas do banco. O encontro serviu para alinhar metas de retomada de investimentos e ajustes com relação a nova gestão municipal. Esta faz parte de uma série de reuniões para a formatação de um planejamento de gestão consistente para o desenvolvimento do município, afirmou a Assessoria de Comunicação de Marabá.

Balanço
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou na terça-feira (3) o balanço de ocorrências registradas nas rodoviais federais do Pará durante o período de festas de final de ano (23 de dezembro e 1º de janeiro). 48 acidentes foram registrados no período, uma redução de 15,8% em relação ao final de 2015 e início de 2016, e 41 pessoas feridas, uma redução de 16,3%. No entanto, foram registradas oito mortes, duas a mais do que o total registrado no mesmo período do ano anterior, representando um aumento de 33%.

Discrepância
Segundo a nova administração de Parauapebas, o ex-prefeito Valmir Mariano deixou um débito de R$8 milhões referentes a faturas de consumo em aberto junto a Celpa. Representantes da antiga administração contestam o valor e alegam ter crédito junto à operadora referente ao repasse cobrado do consumidor pela iluminação pública, que não teriam sido feitos pela Celpa na gestão anterior.

Bye-Bye Marabá!
O agora ex-prefeito João Salame não ficou em Marabá para passar a faixa para o sucessor, Tião Miranda. Viajou ainda na quinta-feira, dia 29 de dezembro, logo cedo, para Brasília, onde enviou uma longa mensagem, via Whatsapp, para os munícipes. Nela, disse que concluiu 400 obras e colocou culpa na crise financeira e na situação em que encontrou o município quatro anos antes para não cumprir suas principais promessas de campanha.

Vespeiro PCCR
Na Secretaria de Educação de Marabá, o respeitado professor Orlando Morais está de volta, agora como secretário adjunto do titular da pasta, advogado Luciano Dias. Nos próximos dias, a dupla começa a enfrentar o mais temido vespeiro: equacionar o problema das progressões na Semed, alterando o PCCR.

Mais grana
O Governo Federal anunciou que vai intensificar a atuação contra o mosquito transmissor da Dengue, vírus Zika e febre Chikungunya. O Ministério da Saúde vai repassar recurso adicional a todos os municípios brasileiros. No Pará, os 144 municípios receberão R$ 11,4 milhão para investimento em ações de enfrentamento ao vetor. O recurso deverá ser liberado aos municípios em duas etapas.

Fundef
Os cerca de R$81 milhões referentes ao processo judicial que o município de Parauapebas travou na justiça para recuperar recursos depositados no então Fundef deverão ser recebidos pela atual administração. O governo anterior não conseguiu a liberação do Alvará para que essa baita grana entrasse nos cofres públicos ainda no mês passado. O novo Procurador Geral do Município, Cláudio Gonçalves, já fez contato na justiça federal, em Marabá, solicitando o Alvará.

Fundef II
Expedido o  Alvará, a briga da atual administração será com o O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará – Subsede de Parauapebas. É que o Sindicato quer que esses milhões sejam repassados especificamente para os professores e/ou na educação básica. Na verdade tem uns honorários de advogados do Sindicato que se habilitaram no processo para serem pagos, e o Sintepp acredita que a grana deva ser usada para isso. Os referidos honorários estão na bagatela de R$5 milhões.

Sergio Ramos
O publicitário Sergio Ramos chegou na região do entorno do Carajás em 2008 para coordenar a campanha vitoriosa de Maurino Magalhães a prefeito de Marabá. De lá pra cá, Sergio venceu, ainda, com Valmir Mariano em Parauapebas em 2012 e com Adonei Aguiar em 2016 em Curionópolis. Depois de passar pela ASCOM de Parauapebas, o eclético Sergio Ramos assume agora um novo desafio: a Secretaria de Administração de Curionópolis. Talento e segurança no que faz o rapaz já mostrou que tem. Boa sorte!

Posse
Gesmar Costa, primeiro suplente da coligação Pra Frente Pará, formada por PSDB/PSD/PTB e PP nas eleições de 2014 tomará posse na Assembleia Legislativa do Pará – Alepa – amanhã (06) às 14 horas. Gesmar (PSD) assume a vaga deixada pelo agora prefeito de Marabá, Tião Miranda. Gesmar Rosa da Costa, natural de São Miguel do Araguaia-GO, casado, formado em Administração, 52 anos, obteve 32.323 votos nas eleições passadas para deputado estadual, representará o município de Parauapebas e região do entorno.

Comentários ( 9 )

  1. Tomara que os dirigentes do Sintep não façam churrasco na frente da Prefeitura com essa grana toda, o Darci não merece isso. A não ser que ele também goste do churrasco Sintep ano.

Deixe uma resposta