Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Polícia

Suspeito de roubar óleo da mineradora Vale liberado por falta de provas materiais

O caminhão-tanque que ele estaria dirigindo caiu num atoleiro e acabou não sendo levado à Delegacia de Polícia Civil

Por falta de prova material, o delegado José Euclides Aquino da Silva, de plantão na 23ª Seccional de Polícia Civil, liberou na manhã desta segunda-feira (29) Fábio Rodrigues da Silva, preso na noite de domingo (28) pela Polícia Militar, após denúncia de seguranças da Vale de que ele se preparava para furtar combustível. Entretanto, um caminhão-tanque que ele estaria dirigindo e que serviria para transportar o produto, não foi apreendido nem apresentado à autoridade policial; foram apresentadas ainda várias placas e um documento que seriam adulterados.

Ouvido logo cedo pela Reportagem do Blog, Aquino contou que Fábio foi detido a 70 quilômetros de Parauapebas, dirigindo um caminhão cujas placas estariam adulteradas. Afirmou, entretanto, que aguardava a chegada do veículo para que autuasse o acusado por tentativa de furto, o que não aconteceu. Verificada no sistema da polícia, a placa do veículo, KCM-0602, constava “situação legal”.

O subcomandante do 23º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Major Sérgio Pastana, explicou que, diante da denúncia do pessoal da segurança da mineradora, uma equipe se deslocou ao local, prendeu o acusado, mas o caminhão estava atolado. Disse que, mesmo assim, Fábio foi levado à Delegacia de Polícia Civil, para que o caso fosse apurado.

Questionado pelo Blog, o acusado se manteve em silêncio e horas depois foi liberado, por falta de provas de que estava tentando furtar combustível.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!