Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pará

Vale apresenta investimentos em Parauapebas

Foi realizado na terça-feira, 16/8, no Hotel Vale dos Carajás, o lançamento da publicação A Vale em Parauapebas. O documento reúne os principais investimentos sociais e ambientais feitos pela empresa com a parceria de diversas instituições, além de informações sobre a arrecadação gerada para o município. Entre os números revelados na publicação, destacam-se o montante de R$ 225 milhões em Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem) e Impostos sobre Serviços (ISS) repassados para a cidade somente em 2015 e o apoio a 760 famílias com projetos de geração de trabalho e renda.

A publicação traz ainda informações sobre as iniciativas voltadas para o desenvolvimento e fortalecimento do empresariado local com volume de bens e serviços adquiridos pela Vale diretamente de fornecedores instalados no Pará. Em 2015, o total de R$ 2,3 bilhões foi realizado em compras junto a fornecedores de Parauapebas. Na cidade, a empresa gera mais de 8 mil empregos diretos.  Dentre os investimentos ambientais, a empresa é responsável pela preservação  400 mil hectares, o equivalente a 400 mil campos de futebol de Floresta Amazônica localizados no entorno do Completo de Carajás.

Segundo o Gerente Executivo de Relações com Comunidade, João Coral, a publicação é uma forma de apresentar à sociedade a contribuição que a Vale tem dado para o desenvolvimento da cidade. “Parauapebas é um dos principais municípios brasileiros, em virtude da atividade de mineração. Além do pagamento de impostos e a geração de empregos e de uma cadeia de prestação de serviços, temos exercido nosso papel de contribuir para o desenvolvimento local, como parceiro do poder público, da sociedade civil organizada e de instituições reconhecidas nacionalmente, com iniciativas importantes, que buscam as vocações econômicas do município, como o desenvolvimento do polo técnico-universitário e o estímulo a novos negócios, com a geração de trabalho e renda, ações estruturantes que favorecem o crescimento da cidade com olhar ainda mais voltado para o futuro e de forma paralela à mineração”.

O evento contou com a presença de várias lideranças comunitárias, cujos projetos de suas associações receberam o apoio da Vale. Entre elas, a comunidade de Palmares com ação para a melhoria da produção leiteira. “A maioria dos produtores hoje, aqueles que tiravam 30 litros dobrou para 60, quem tirava 40 foi para 80, isso é um ganho a mais que o projeto já vem trazendo para a família”, contou o produtor Luiz Santos.

A atividade mineral no sudeste do Pará, iniciada na década de 80, modificou a dinâmica social e econômica da região. Com base nos últimos dados divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2010, o Índice de Desenvolvimento Humano de Parauapebas é superior ao de 74% dos municípios brasileiros e está à frente de 98% dos municípios do Pará.

Acompanhe alguns números da Vale em Parauapebas

  • – R$ 2,3 bilhões em compras de produtos e serviços de empresas locais
  • – R$ 1,1 bilhão repassados nos últimos três anos em CFEM e ISS
  • – R$ 46 milhões para construção do IFPA
  • – R$ 20 milhões em convênio para instalação da UEPA
  • – R$ 23 milhões para duplicação da rodovia Faruk Salmen
  • – 400 mil hectares, o equivalente a 400 mil campos de futebol de Floresta Amazônica preservados e protegidos pela empresa no entorno do Completo de Carajás
  • – 55 mil peças resgatadas em sítios arqueológicos para conservação da história
  • – 760 famílias diretamente beneficiadas por projetos de geração de trabalho e renda frutos de parcerias em oito comunidades.
  • – 500 famílias a serem beneficiadas com moradia
  • – 8.343 pessoas empregadas diretamente nos negócios da Vale no município

Fonte: Assessoria de Imprensa Vale

Comentários ( 3 )

  1. Valmir e seus asseclas divulgaram aos quatro ventos que teriam duplicado a rodovia Faruk Salmen com 100% de recursos do município.
    Felizmente mentira tem a perna curta, e a principal marca desta gestão é a mentira.

  2. Ê Marcela que piada! Onde vc viu o Velhote falar que as obras foram só com recursos próprios… Mentira é sua Marcela, o Velhote não falou isso em lugar nenhum…
    E agora cara de bundão?

Deixe uma resposta