Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
belém

Infraero revitaliza sistema de climatização do Aeroporto Val-de-Cans

De acordo com o planejamento da empresa, na primeira semana de agosto toda a área de embarque já estará guarnecida com os novos equipamentos
Continua depois da publicidade

Para garantir mais conforto aos passageiros e usuários do Aeroporto Internacional de Belém (PA), a Infraero está revitalizando o sistema de climatização do terminal belenense. O gesto inclui a compra de 54 novas máquinas (fancoil), que vêm sendo instaladas desde o mês passado em substituição aos equipamentos que estavam em funcionamento desde a inauguração do terminal em 2001.

O processo de revitalização do sistema de climatização do Val-de-Cans foi iniciado em meados de 2017, quando foram feitos investimentos para a contratação de uma empresa especializada em manutenção do parque de climatização, assim como a revitalização de uma das três máquinas responsáveis pelo resfriamento de água (chiller).

Com a conclusão do processo de contratação da empresa especializada em instalação e substituição de outros componentes do sistema, em maio, a Infraero iniciou no mês seguinte o processo de desinstalação e retirada das máquinas antigas, e a inserção das novas máquinas no sistema e a correspondente instalação para entrada em funcionamento.

De acordo com o planejamento da empresa, na primeira semana de agosto toda a área de embarque já estará guarnecida com os novos equipamentos, com avanços sucessivos em outras áreas sensíveis, como a praça de alimentação, a área de check-in e a área pública de embarque, em agosto e setembro, culminando com a revitalização completa de todo o sistema até novembro.

Para o superintendente do Aeroporto Internacional de Belém, Fábio Rodrigues, “trata-se da demonstração de um avanço ordenado no caminho de melhorias, iniciadas com a reforma da pista auxiliar e a revitalização de metade das pontes de embarque, o que acaba sendo sensível mais às companhias aéreas, mas fundamental para a operação. Restabelecer a climatização é mais um passo na direção da satisfação do passageiro do aeroporto”, disse.

O Val-de-Cans possui uma média diária é de 50 voos entre pousos e decolagens comerciais regulares, de seis companhias aéreas (Gol, Latam, MAP, Azul, Surinam e TAP). Os voos interligam Belém a diversos destinos brasileiros – Congonhas e Guarulhos (SP); Recife (PE); Brasília (DF); Macapá (AP); Altamira, Marabá e Santarém (PA); Rio de Janeiro (RJ); Confins (MG); Manaus (AM); Fortaleza (CE); São Luís (MA); Cuiabá (MT). Já os voos internacionais ligam a capital paraense à Europa, aos Estados Unidos, ao Suriname e à Guiana Francesa.

Deixe uma resposta