Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Coluna

Musculação após os 40, 50, 60 anos, será que pode?

Continua depois da publicidade

A pratica regular de exercícios físicos deve ser realizada em todas as idades, desde crianças (de uma maneira mais recreacional- brincadeiras), adolescentes, adultos e também idosos.

 Nesta semana eu trago orientações para um grupo de pessoas que muitas vezes não conhecem o ambiente de uma academia, mas que deveriam estar realizando o trabalho de musculação ou treinamento resistido toda semana.

As pessoas acima de 40 anos não somente podem, como devem realizar musculação para prevenção de várias doenças, principalmente a osteoporose em nós mulheres.

A osteoporose é a perda da massa óssea, muito comum em mulheres após a menopausa. Ela acontece geralmente por deficiência de hormônios estrógenos, baixo peso, alimentação não saudável, fumo e sedentarismo (não pratica atividade física). A pior consequência dessa doença é o grande risco que a pessoa corre em cair e acabar quebrando (fraturando) algum osso, o que impede ela de realizar suas atividades do dia a dia.

Você deve estar se perguntando, mas não é perigoso pessoas acima dos 40 até na faixa dos 60 anos ou mais carregar peso, agachar e ficar dentro de uma academia? Você pensou isso?

A musculação após os 40, 50 e 60 anos é importantíssimo principalmente para manter a capacidade funcional de realizar suas atividades da vida diária, ou seja, homens e mulheres tem que ter força, equilíbrio, coordenação e flexibilidade para conseguir tomar banho, cuidar da sua casa, ir para o banco, supermercado, preparar suas refeições sem ajuda de ninguém.

Além de manter a pessoa independente, a pratica da musculação ajuda no aumento de massa magra, aumento da capacidade cardiorrespiratória, controla o peso, melhora a autoestima e autoconfiança. Todos esses benefícios contribuem para uma melhor saúde e qualidade de vida.

Para mostrar o poder dos exercícios físicos, essa semana eu trago as experiências da dona Maria do Carmo Batista de Sousa e dona Eliete de Souza Ferreira;

Dona Maria pratica exercícios a 10 anos, quando ela não está fazendo musculação, ela caminha. Quando ela começou a se exercitar, a caminhada foi por conta própria, mais tarde ela teve indicação do médico para continuar a se exercitar e procurou uma academia.

Quando dona Maria está se exercitando, ela não sente dores, às vezes, apenas no joelho que já lhe “incomoda” a muito tempo. Dona Maria comenta que ela sente dor quando não vai para academia: “ Eu sinto muita falta, por isso eu volto rápido, porque eu já fico cheia de dor, dor no corpo, dor em todo canto, quando me viro na cama. Quando eu to na academia eu me sinto muito bem”

A mensagem que a dona Maria deixa é que: “Você meu amigo e minha amiga vamos lutar pela nossa saúde, não importa a idade, você jovem que ainda está bem acomodado, vamos para a academia. Não importa a idade, é melhor cuidar da saúde do que da doença”. Para finalizar, dona Maria me disse que academia é saúde, saúde total.

Veja também:  Mulher com transtornos mentais causa alvoroço em Jacundá

Minha outra excelentíssima convidada a comentar é a dona Eliete. Ela iniciou os exercícios diretamente na musculação em outubro de 2016. Quem orientou dona Eliete começar os exercícios foi sua nutricionista, pois ela fazia dieta e não estava tendo resultados esperados, por isso ela teve que aliar os dois, academia e boca, argumenta dona Eliete.

Antes de praticar a musculação, dona Eliete sentia dores pelo corpo, agora não sente mais. O peso maior que ela sente é quando não vai para a academia: “Eu me sinto mal, sinto peso na consciência, peso no estômago, peso no corpo, tudo quanto é tipo de peso que você imaginar. Eu hoje eu já não gosto de ficar sem ir para academia”.

A mensagem que a dona Eliete deixa é: Na verdade é um conselho, não fique sem academia, quem não tá, vá para a academia, não pare, porque nossa, é o único caminho e eu acho que só vou parar quando eu estiver morta”.   

Antes de eu dar algumas dicas, quero imensamente agradecer e parabenizar essas lindas mulheres em aceitar a dividir as experiências delas com vocês. O objetivo da coluna é este, levar orientações e mostrar na nossa realidade os benefícios dos exercícios físicos podem fazer com as pessoas.

Por fim, as dicas de hoje são: Para quem passou dos 40 anos e ainda não começou a se exercitar, antes de iniciar faça uma consulta com seu médico de confiança para ter liberação e realizar os exercícios físicos com segurança; procure orientação de um personal trainer para poder acompanhar na academia; comece com exercícios leves, tanto na academia quanto na caminhada, não faça exercícios em jejum, beba água e comece fazendo 2 a 3 vezes na semana;

 Caso você tenha alguma dúvida, deixe um comentário abaixo ou me chame no WhatsApp (94) 992403589.

Comentários ( 11 )

  1. Parabéns Patrícia pela determinação e dedicação, reforçando que o exercício físico é para todas as idades, para todos os públicos, nunca é tarde demais!

Deixe uma resposta